Autoclave x Estufa

Neste post é feita uma comparação entre a autoclave x estufa e você vai entender porque a autoclave é o equipamento mais indicado para esterilização de produtos para a saúde, não só pela vigilância sanitária, mas também por aqueles que se dedicam a estudar o tema esterilização.

Comparação do processo de esterilização:

Calor úmido – Autoclaves  X  Estufa – Calor seco

Calor úmido

O processo de esterilização por calor úmido, na forma de vapor saturado sob pressão, é considerado por vários autores, o mais seguro, rápido, eficiente e econômico disponível para instrumentos termorresistentes. Desta forma a esterilização por estufas somente é indicada quando a esterilização em autoclaves é impossibilitada pela natureza do artigo, isto é, quando sofrem dano em presença de umidade ou quando são impermeáveis, como pós e óleos.

Na Odontologia a utilização das estufas foi tradicionalmente o método de escolha para esterilização. Com a chegada de modernas autoclaves de mesa a um custo compatível no mercado, esta tendência vem se invertendo nos últimos anos.

Calor seco

A esterilização em calor seco é feita em estufas elétricas equipadas com resistências e termostato. A circulação de ar quente e o aquecimento dos materiais se fazem de forma lenta e irregular, mesmo quando possuem ventiladores (não é o caso da maioria que está no mercado). Para atingir os parâmetros de esterilização, longos períodos de exposição são necessários e a temperatura é bem mais elevada quando comparada ao calor úmido.

Outros fatos  para  mudar para autoclave:

Nos últimos anos algumas legislações já proíbem o uso de estufas em Odontologia (Belo Horizonte (2000), Minas Gerais (2009), Mato Grosso, Distrito Federal (2015) , Rio de Janeiro,  mais amplamente no Rio Grande do Sul (2010) nos serviços de Saúde e de Atenção à Saúde.

Autoclave x Estufa

Tabela que resume a comparação entre os dois processos e equipamentos Autoclave x Estufa

  AUTOCLAVE ESTUFA
MONITORAÇÃO DO CICLO ELETRÔNICA O operador deve acompanhar o ciclo, porém é dado um aviso sonoro se o ciclo for interrompido. Se houver falha na temperatura o equipamento interrompe o ciclo e mostra no painel, como ciclo anulado. VISUAL o operador deve ficar olhando para o termômetro externo. Se houver diferenças de temperatura que comprometam o ciclo, o equipamento não fornece aviso nem interrompe o ciclo.
Controle do ciclo Ciclos pré-programados. Maior facilidade de operação. Menor possibilidade de erro do operador. Manual – Operador poderá escolher inadequadamente tempo e temperatura
Tempo total do ciclo

Partindo dos equipamentos frios e contando com o tempo de secagem para autoclave

Em média 63 minutos No mínimo 2 horas
Temperatura do instrumental durante o ciclo 134o C no máximo 170o C no máximo
Monitorização química de processo Menor custo da fita zebrada. Maior custo da fita zebrada
Monitorização química por integradores e emuladores. Disponível. Várias opções. Não disponível.
Tempo mínimo para monitorização biológica ficar pronta Indicadores biológicos autocontidos disponíveis em varias opções para incubação:três, 24 e 48 horas. Uma semana.Indicadores autocontidos não disponíveis.
Diferenças de temperatura dentro do equipamento Mínimas.

Calor úmido por vapor saturado sob pressão

Grande –

calor seco distribuído por convecção por gravidade

Recomendação da comunidade científica Método preferencial de esterilização para artigos compatíveis (termorresistentes) Restrita a artigos que não podem ser autoclavados, como pós e óleos.

Mais algumas sugestões:

Para substituir brocas de aço carbono (especialmente em odontologia as de baixa rotação) utilize as de carbide. Se não encontrar similar você poderá utilizar um adaptador que permite que você use uma broca de alta rotação no contra- angulo. Para alicates de ortodontia , escolha os de aço inoxidável/cirúrgico e use depois da secagem um lubrificante – leite mineral hidrossolúvel compatível com autoclave. O mesmo é válido para alicates de cutícula em salões de beleza ( veja o post do dia 28 de março com o Passo  a Passo – Como lavar e esterilizar artigos para manicure).

autoclave x estufa

Eu, como profissional da saúde, também recomendo a autoclave como o equipamento mais adequado para esterilizar artigos termoresistentes.

Assista ao vídeo:

10 Motivos para trocar sua Estufa por uma Autoclave

Conheça os modelos das autoclaves Cristófoli

Autoclaves Cristófoli

Autor

Bióloga, Mestre em Saúde Coletiva, Coordenadora do Projeto Biossegurança em Odontologia, e mais recentemente do Projeto Biossegurança Beauty& Body Art, ambos patrocinados pela Cristófoli. Já ministrou mais de 500 palestras sobre o tema Biossegurança em Saúde e participa ativamente de entidades dedicadas ao Controle de Infecção em Saúde e Interesse à Saúde. É consultora em Biossegurança em Saúde da Cristófoli.

165 Comentários


  1. Olá, gostaria de saber se posso esterelizar pinças de biópsia (aço inox) na autoclave Amora 4l?


    • Mariana
      Embora a Amora tenha sido projetada para a área da Beleza, é uma autoclave como qualquer outra e se a indicação do artigo é autoclavar, sim pode.
      Atenciosamente,
      Liliana


  2. boa noite.
    quais materiais podem ser esterelizados, Por exemplo uma caneta de micropigmentação em material acrilico pode?


    • Anita
      As instruções de esterilização dos instrumentos devem ser dadas pelo fabricante. Isto é, tem canetas de micropigmentação que podem ser esterilizadas em autoclave outras não. Quem define é o fabricante. E claro, o cliente tem que se basear nisso no momento da compra. acrílico não pode ser esterilizado em autoclave. Mas existem muitos tipos de plástico, às vezes parece que é acrílico e é outro material mais resistente.
      Assim sugiro que você só compre uma que possa ser autoclavada.
      Atenciosamente
      Liliana


  3. Olá! Gostaria de saber se posso esterilizar aqueles babadores usados em consultórios odontológicos no mesmo ciclo que um metal, e se posso embala-lo em papel grau cirúrgico?


    • Karine
      Esse babadores são geralmente descartáveis.
      Existem os que já vem esterilizados em kits para cirurgia e os não tecidos que são campos que podem ser esterilizados de acordo com a recomendação do fabricante. O melhor, caso você tenha uma autoclave com vários ciclos, é escolher o ciclo com a temperatura mais baixa e com tempo maior, por exemplo 121 graus por 30 minutos.
      E sim, pode embalar em papel grau cirúrgico.
      Atenciosamente,
      Liliana


  4. Olá.
    Gostaria de saber se é possível fazer a esterilização de gaze no autoclave amora 4 l?


    • Olá Sandra
      Sim é possível. Faça as embalagens individualizadas para cada uso. Pode usar para isso envelopes de papel grau cirúrgico. Você também pode incorporar no kit que você vai usar.
      Liliana

  5. Pingback: Hepatite B Vacina 10 dúvidas frequentes respondidas - Blog Biossegurança | Cristófoli

  6. Pingback: 10 motivos para você trocar sua estufa por uma autoclave - Blog Biossegurança | Cristófoli


  7. Liliana gostaria de saber sobre as pinças, se o processo de esterilização as pinças devem irem abertas ou travadas? qual material vc tem, se tiver me manda por favor.

    Obrigada


  8. Me ajude por favor estou desesperada. Deixei a máquina ligada quando sair da clínica. E agora o que acontece? Ela desliga automaticamente.


    • Olá!
      A essa altura você já deve estar tranquila.Quando termina o ciclo ela desliga automaticamente o aquecimento. Mas você deve sempre terminar o ciclo antes de sair. Especialmente se for o modelo que seca com a porta entre-aberta.O procedimento é necessário no momento solicitado pelo equipamento.
      Abraços

  9. Maristelia Miranda Reponder

    Eu achei que esta marca de autoclave fazia o ciclo aberta ou fechada. pois as vezes acontece de esquecermos de abrir durante os dez apitos, e a mesma completar o ciclo fechada. esta correta esta afirmação ou não?


    • Olá Maristela
      A Cristófoli tem autoclaves nos dois modelos:
      Secam de porta aberta:
      Vitale,
      Vitale Class,
      Amora e
      Baby e autoclaves que
      secam com a porta fechada:
      Vitale Plus
      Class CD
      Se você esquecer de abrir logo depois de apitar, o que acontece é que o material pode ficar molhado e comprometer a esterilidade do material. Se a autoclave for com secagem com porta aberta é importante abrir mesmo
      Atenciosamente,
      Liliana

      • Maristelia Miranda Reponder

        E se ela fizer todo o processo de esterilização com a porta fechada, o material vai está estéril ou não°/?


        • Maristela
          O importante é usar a autoclave de acordo com as instruções do fabricante para aquele modelo. Por exemplo, uma autoclave que deve fazer o ciclo de secagem com a porta entre-aberta, deve ser feito assim e não com a porta fechada. O material fica úmido e a umidade pode carregar microrganismos para o interior do pacote, comprometendo a sua esterilização.
          Esclareci?
          Liliana


  10. Olá, bom dia! Posso religar a auto clave ela ainda morna? A minha seca com a porta entre aberta com a duração de esterelização de 1hr. Obg.


  11. Bom dia.

    Gostaria de saber se posso colocar além de instrumental cirúrgico outros materiais como ex: traqueia de plástico na autoclave ( Plástico duro).

    Obrigada.

    Att;

    Taiana.


    • Olá Taiana
      A regra básica é : consulte o fabricante do artigo. Existem muitos artigos que podem ser esterilizados em autoclave, mas como podem ser construídos e fabricados com diferentes materiais o fabricante é sempre quem deve fornecer essas informações.
      Atenciosamente,
      Liliana


  12. Dra. Liliana boa tarde,

    Gostaria de saber, se quando a autoclave cancela o ciclo se é necessário reembalar novamente os instrumentais.
    Att

    Cristiane


    • Olá Cristiane
      Sim é necessário. Caso contrário é considerado reuso de material proibido reprocessar. Você pode comprometer a embalagem e a sua qualidade.
      Atenciosamente,
      Liliana

  13. Maristelia Miranda Reponder

    gostaria de tirar uma duvida;? meu chefe pede para eu abrir o autoclave quando ela apitar dez vezes. isto é correto? posso abrir o autoclave no fim do ciclo?


    • Maristela
      Consulte o manual de instruções do seu equipamento.
      Se for uma autoclave que seca com a porta entreaberta, você deve abri-la no final da despressurização.Se secar de porta fechada, no final do ciclo. Certifique-se que não tenha pressão no equipamento conferindo o manômetro no painel da sua autoclave.
      Liliana


    • Maristelia
      Depende da autoclave. O importante é que você entre-abra o mais rapidamente possível após a despressuirização, se a sua autoclave for a que seca com a porta entre-aberta. Isso é importante para que a secagem seja ótima.
      Atenciosamente
      Liliana

      • pollyana branco Reponder

        minha manicure esqueceu de entre-abrir a porta e desligar meu equipamento. ele fez um brarulhão e teve um cheiro bem forte. e agora a porta não abre mais. eu posso ligar de novo e tentar abrir?


        • Bom dia Pollyana
          Tudo bem?
          Você já resolveu?
          Só Não entendi o barulho e o mau cheiro que você relata. A porta travar, depois que a pessoa esquece de entreabrir, é normal porque pega pressão de novo. Basta deixar esfriar.
          Se não resolveu, você pode ligar para o 0800 44 0800 (depois das 9h- ligue aguarde na ilha sem desligar- demora uns 20 segundo até começar a sair som) que a central de relacionamento com o cliente poderá ajudar você.
          Abraços


  14. Olá,vou comprar uma autoclave e gostaria de saber como esterilizo meus alicates e espatulas pois trabalho com unhas. Como coloco os alicates para esterilizar? é dentro do saquinho ou eles ficam soltos dentro da autoclave e somente depois do processo de esterilização que eu coloco dentro do saquinho ?
    se puderes me responder agradeço desde já. Abçs

  15. Daiane Regatto Reponder

    Bom dia Liliana,

    Eu tenho uma esmalteria e esterilizo meus alicates de inox em minha autoclave com o envelope auto-selante, porém eu gostaria de saber se há outra forma de esterilizar sem utilizar estes envelopes, pois o custo deles pra mim é alto, já que uso muito.

    Desde ja agradeço pela atenção.


  16. Bom dia!
    Trabalho em um hospital mais especificamente em um banco de sangue, nele, queimam sangue inutilizados em uma antiga máquina de autoclave na passagem dos colaboradores, ficamos o dia todo sob a influência e o cheiro ruim sempre presente que é liberado por essa máquina. Gostaria de saber se essa fumaça que é liberada pelo sangue inutilizado pelo banco é tóxica ou nociva de alguma forma para a saúde ou se existe algúm possível risco de contaminação ou algum tipo de combustão que possa ocasionar acidentes com seu uso constante e diário. Agradeço desde já a atenção aqui dispensada.


    • Olá
      Existe legislação para descartar bolsas de sangue e todos os resíduos provenientes dos serviços de saúde. A situação tal qual você a descreve é inadequada. Há uma série de não conformidades.
      Dois fatos chamam a atenção:
      – equipamento na passagem
      – odor ruim-
      Só esses (independente do risco que o vapor possa oferecer, além de outras não conformidadea) já seriam motivos para modificar o processo.
      Consulte a RDC306. ( http://portal.anvisa.gov.br/documents/33880/2568070/res0306_07_12_2004.pdf/95eac678-d441-4033-a5ab-f0276d56aaa6) Resíduos A1.

      Espero ter ajudado você
      Liliana

      Veja o que diz a legislação (recortei o trecho)
      5.4 – Bolsas transfusionais contendo sangue ou hemocomponentes rejeitadas por contaminação ou por má conservação, ou com prazo de validade vencido, e aquelas oriundas de coleta incompleta; sobras de amostras de laboratório contendo sangue ou líquidos corpóreos, recipientes e materiais resultantes do processo de assistência à saúde, contendo sangue ou líquidos corpóreos na forma livre. Devem ser submetidos a tratamento antes da disposição final.
      5.4.1 – Devem ser acondicionados conforme o item 1.2 , em saco vermelho, que devem ser substituídos quando atingirem 2/3 de sua capacidade ou pelo menos 1 vez a cada 24 horas e identificados conforme item 1.3.3.
      5.4.2 – Devem ser submetidos a tratamento utilizando-se processo físico ou outros processos que vierem a ser validados para a obtenção de redução ou eliminação da carga microbiana, em equipamento compatível com Nível III de Inativação Microbiana (Apêndice IV) e que desestruture as suas características físicas, de modo a se tornarem irreconhecíveis.
      5.4.3 – Após o tratamento, podem ser acondicionados como resíduos do Grupo D.
      5.4.4 – Caso o tratamento previsto no item 5.4.2 venha a ser realizado fora da unidade geradora, o acondicionamento para transporte deve ser em recipiente rígido, resistente à punctura, ruptura e vazamento, com tampa provida de controle de fechamento e devidamente identificado, conforme item 1.3.3, de forma a garantir o transporte seguro até a unidade de tratamento.
      5.4.5 – As bolsas de hemocomponentes contaminadas poderão ter a sua utilização autorizada para finalidades específicas tais como ensaios de proficiência e confecção de produtos para diagnóstico de uso in vitro, de acordo com Regulamento Técnico a ser elaborado pela ANVISA. Caso não seja possível a utilização acima, devem ser submetidas a processo de tratamento conforme definido no item 5.4.2.
      5.4.6 – As sobras de amostras de laboratório contendo sangue ou líquidos corpóreos, podem ser descartadas diretamente no sistema de coleta de esgotos, desde que atendam respectivamente as diretrizes estabelecidas pelos órgãos ambientais, gestores de recursos hídricos e de saneamento competentes.


  17. Moça comecei a trabalhar agora num hospital e cometi um erro to com. Mt medo das consequências.botei o material cirurgico ja lavado td certinho tirando o fato q esqueci de botar no saquinho com a fita botei o material solto na caichinha de alumínio pfv me tesponde pd ter algo? Com o material ou com a otoclave? Amanhã nem sei como vai ser.pfv me responda vo mas rapido possivel.


    • Marlene
      Você começou a trabalhar agora nesse novo local. O melhor que você tem a fazer é conversar com a sua chefia imediata. Isso mostra o seu compromisso. Além do que poderá checar onde esta e recuperar o material, evitando danos maiores. A sua explicação ficou confusa para mim. Mas sempre que fizer alguma coisa errada, ou que você julga que não esta correta, cheque.
      Por isso é tão importante termos todos os passos do processamento bem explicados e entendidos.
      Coragem e mostre que você é responsável e tem comprometimento com o resultado.
      É o melhor caminho.
      Abraços,
      Liliana


      • bom dia! Gostaria de saber por qual motivo as fitas zebradas mudam de cor mesmo quando o ciclo da autoclave não é completado. Gostaria de saber também por qual motivo a autoclave do meu local de trabalho não completou o ciclo durante dois dias consecutivos (quinta e sexta-feira) e na segunda os materiais colocados na autoclave indicavam que estavam estéreis…de acordo com o painel da autoclave acusou ciclo finalizado. Quero saber por qual motivo, após completar o ciclo a autoclave fica cheia de água no seu interior, coisa que não acontecia antes. No meu local de trabalho às vezes dá queda de energia e não fica com 220v será que o fato de não completar o ciclo tem a ver com isso? não sinto segurança para realizar o atendimento pois não estou tendo a certeza de que meu material está cem por cento estéril.


        • Obs: após dois dias sem completar o ciclo, sem ter acontecido nenhum reparo de assitência técnica ela voltou a funcionar normalmente.


        • Camila
          Bom dia!
          AS fitas zebradas servem somente para você diferenciar os pacotes que passaram ou não pelo processo de esterilização, mas não garantem que o processo foi efetivo.Para isso é necessário realizar uma avaliação completa, chamada monitorização da esterilização. Sendo que o primeiro passo é completar o ciclo. Se não completou pode parar e recomeçar.
          Cuidado. se o painel da autoclave indica fim de ciclo também não quer dizer que estão esterilizados. Significa somente que o ciclo se completou. A esterilização é um processo complexo e que necessita vários passos, e é um processo que não é visível.
          Veja um posto completo sobre o assunto no link:
          http://www.cristofoli.com/biosseguranca/monitorizacao-quimica-e-biologica-indicadores-em-autoclaves-como-faze-la/
          Temos também dois vídeos que abordam o assunto e explicam como o por quê fazer a monitorização da esterilização. O post tem os links para os vídeos)
          Quanto ao fato da queda de energia, ela pode sim ser responsável pela interrupção de ciclo e também pode explicar a volta do equipamento à operação sem manutenção. Esse é um problema que precisa se resolvido.Somente assim e realizando a monitorização da esterilização e capacitação da equipe que processa os instrumentos você poderá confiar na esterilização.
          Qualquer dúvida estou à sua disposição
          Liliana

          • camilla de Miranda Ribeiro

            Bom dia Liliana! Gostaria de saber por qual motivo após o ciclo anulado ou ciclo concluído a autoclave permanece com água em seu interior. Gostaria também de saber a esterilização fica comprometida quando o pacote de papel de grau cirúrgico fica com vapor e água no seu interior ou se compromete apenas a vida útil do instrumental ( corrosão) e o que pode estar ocasionando esse problema, pois até então quando o ciclo se completava o interior dos pacotes não ficavam com umidade. Desde já agradeço a atenção!


          • Ola Camila Bom dia!
            Resíduo de água, em pequena quantidade é normal, mas se for muito pode ter devido a vários fatores, entre eles: no ciclo anulado – falta de pressão.
            No ciclo completo, válvula obstruída, mangueira mergulhada na água do galão, maior quantidade de água destilada que o recomendado.
            É importante que você procure o nossa central de relacionamento com o cliente 0 800 44 0800, para verificar o que esta acontecendo.
            Em relação a resíduo de água dentro do pacote, pode ser no carregamento da autoclave,excesso de pacotes ou posição. Pode comprometer a manutenção da esterilização dentro do pacote comprometendo a sua integridade (furos e microfuros na embalagem) e corrosão do instrumento.
            Atenciosamente
            Liliana


        • Olá uma vez que pode esterilizar gaze é possível esterilizar franela de tecido?
          Pensei em esterilizar para usar na secagem dos instrumentais pós lavagem
          Já que papel toalha não seca bem e as franelas descartáveis tipo Perfect fica custoso
          Sendo assim apos uso lava se seca e esteriliza
          Pode ?


          • Nara
            Se você prefere usar tecido para enxugar, use pano para fralda (novos) que não solta fiapo. E sim você pode lavar e depois de seco esterilizar na autoclave. Abraços Liliana


  18. Boa tarde,
    Trabalho em uma clinica e temos uma sala para procedimentos cirúrgicos, como por exemplo histeroscopia, você sabe me informar se posso ter essas autoclaves pequenas para esterilizar óticas cirúrgicas?
    Obrigada


    • Olá Bruna
      Por genitleza entre em contato com o fabricante dos seu instrumentos, ele é quem melhor pode passar as informações de como limpar e esterilizar esses artigos.
      Atenciosamente,
      Liliana


  19. Gostaria de saber se as pinças cirúrgicas podem se esterilizadas dentro da caixa todas as pinças fechadas ou só podem ser esterilizadas abertas?


    • Olá Patrícia
      A recomendação para esterilização de instrumentos articulados é fazê-la com os instrumentos abertos, para que o agente esterilizaste entre em contato com a intimidade da articulação.
      Liliana


  20. Prezada Liliana, pode me passar por gentileza alguns artigos mostrando as diferenças de eficiência/segurança de esterilização entre autoclaves e estufas?


  21. Olá! Gostaria de saber por gentileza se o autoclave mata o vírus da hepatite C? Desde ja agradeço. Meu nome e Daniela


    • Olá Valquíria
      Sim. A autoclave realiza a esterilização, que elimina todas as formas de vida, inclusive o vírus da hepatite C. Lembre-se que para alcançar o resultado todo o processo deve ser seguido, isto é, lavar adequadamente os instrumentos, secar e embalar, assim além de esterilizar você mantém os instrumentos esterilizados até o momento do uso.
      Atenciosamente,
      Liliana


  22. Olá! Gostaria de saber qual o melhor método para esterilização de vidraria calibrada. Nesse caso, qual seria a temperatura máxima aplicável?


    • Olá Mariana
      Vidraria é passível de ser esterilizada em autoclave, porém vidraria calibrada pode alterar com temperatura. Consulte o fabricante do produto para saber exatamente qual a temperatura que o vidro pode suportar sem alterar a calibração.
      Atenciosamente,
      Liliana


    • Sandreia

      Poder pode,isto é, vai esterilizar, mas vai estragar rápido pois não é o método mais adequado para este tipo de alicate. Usando o anti-oxidante ajuda bastante. E daí para frente você compra os autoclaváveis. Só não use se estiverem oxidados (enferrujados).OK?
      Atenciosamente


  23. Bom dia para realizar a esterilização somente de campo cirúrgico e capote como deve ser em qual autoclave e qual o procedimento.


    • Karine
      O ciclo que você deve buscar é o ciclo para material poroso e de preferência o de 121 graus e mais longo em geral, 30 minutos (se for essa a temperatura), mas há outras possibilidades.
      O ideal é que você teste o pacote com um indicador classe 5 dentro do centrei geométrico do mesmo. O pacote deverá sair seco ao final do ciclo e o indicador químico classe 5 aprovado.
      Espero ter ajudado você.
      Liliana


    • Olá Keven
      Em princípio sim, mas se ficar com dúvida em relação ao material, cheque com o fabricante. Lembre-se somente que por ser uma pinça articulada deve ser esterilizada aberta, ou no primeiro dente. É bom também lubrificar as articulações com lubrificante hidrossolúvel para material cirúrgico.

      Liliana


    • Natália
      Para checar,pesquisei em sites confiáveis e aparentemente não há contra-indicação. Para sua segurança pergunte ao seu médico.
      Abraços
      Liliana
      Copio o mais completo desse site: http://www.deca.org.br/Publica/ODeca.aspx

      Existem interferências de aparelhos elétricos sobre os marcapassos?

      A maioria dos aparelhos elétricos e eletrônicos de uso cotidiano não produz nenhuma interferência sobre o marcapasso. A rigor, apenas a ressonância magnética e o colchão magnético devem ser evitados, mas já existem marcapassos muito modernos que podem ser programados para que esses dois aparelhos possam ser utilizados.

      Os marcapassos atuais são amplamente protegidos contra a influência de aparelhos elétricos-eletrônicos. Porém, se o portador sentir algum sintoma, como aumento do batimento cardíaco, pulso irregular ou tontura, enquanto estiver próximo de um aparelho elétrico, deverá afastar-se imediatamente ou desligá-lo. Em caso de dúvida, o médico deverá ser avisado sobre o evento.

      Os seguintes aparelhos podem ser utilizados sem restrição: telefone celular, televisores, rádios, fones de ouvido, gravadores, aparelhos de som, Iphone, Ipad ou equipamentos audiovisuais similares, telefones sem fio, secadores de cabelos, barbeador elétrico, controle remoto, máquina de lavar roupa, aspirador de pó, enceradeira, ferro de passar roupa, forno micro-ondas, lava-louças, computador, aparelho de fax, copiadora, impressora, aparelhos de uso dos dentistas, medidores de pulso e pressão arterial, todos os aparelhos de cozinha etc.

      Outros aparelhos e equipamentos requerem consulta ao médico. Deve-se observar os avisos dos fabricantes naqueles cuja utilização por portadores de marcapassos pode sofrer restrições: máquinas que geram fortes vibrações (furadeiras), aparelhos elétricos com fortes campos magnéticos, linhas de alta tensão, estações transmissoras de rádio, televisão ou radar, sistemas de ignição elétrica não blindados, radioterapia, eletrocauterização, litotripisia e estimulação neural, como a eletroacunpuntura.


  24. Gostaria de saber se estufa mata todo tipo de virus??? Inclusive o do HIV??? Minha estufa não marca temperatura quanto tempo devo deixar ?


    • Caren
      A vigilância sanitária já proibiu o uso de estufas no ambiente hospitalar em todo o Brasil, em vários estados para odontologia e para manicures, justamente por entender que este equipamento como esta concebido hoje é muito propenso a falhas. Inclusive essa que você cita… Como podemos garantir a esterilização se não conhecemos a temperatura? Com esse equipamento não há garantia de esterilização…
      Hoje há diversas maneira para você adquirir autoclaves, com planos parcelados em muitas vezes. A Cristófoli possui as autoclaves líderes de mercado e que tem 2 anos de garantia com uma experiência de 25 anos sucesso no mercado. Com certeza você vai encontrar uma que caiba no seu estabelecimento e no seu bolso!
      Abraços e um Feliz e Prospero Natal com um Ano Novo cheio de alegrias e de saúde.
      Liliana


  25. Boa tarde!!! tenho uma estufa compact esterelix e gostaria de saber se ela esteriliza msm os alicates de unha, posso confiar?? Desde já obrigada.


    • Pois é Gabriela…
      As estufas são capazes de esterilizar porém tem vários inconvenientes e são sujeitas a erros, muitas vezes difíceis de detectar!
      Lembre-se que é necessário deixar a 160 graus dentro da estufa sem abrir por duas horas e depois que atingiu a temperatura olhando em um termômetro acessório- não confie no termostato da estufa pois dá muitos diferença de temperatura! Há também estados do Brasil que as estufas já estão proibidas.
      Abraços
      Liliana


  26. Bom dia!

    Eletrodos de alta frequência podem ir à autoclave? E todo material de aço inoxidável pode ser autoclavado?


    • Vanessa
      Sempre que você tiver uma dúvida em relação a esterilização de um item, você deve perguntar para o fabricante do produto em si, no caso os eletrodos. É ele que poderá indicar para você o melhor método de esterilização do artigo que ele fabrica e fornecer como reprocesssá-lo adequadamente.
      Liliana

  27. Lecilda marinho de Oliveira Reponder

    Gostaria de saber a resposta da pergunta como a gente. Diferencie estufa e autoclave??


    • Lecilda
      Ambos são equipamentos de esterilização, mas que trabalham com tecnologias diferentes: a estufa com calor seco, e autoclave, com vapor sob pressão. O comparativo na tabela foi comparar item por item as vantagens de cada um e suas limitações.
      A estufa tem isso substituída pela autoclave, pelas falhas frequentes em cumprir o seu papel como equipamento de esterilização.
      Respondeu?
      Abraços
      Liliana


  28. Ola o papel cirurgico que coloquei na autoclavel a seta que entra na cor inicial azul saiu preto e a seta rosa inicial e pra sair marron e ela saiu rosa como entrou sera defeito da autoclavel ou e o papel?


    • Olá Priscilla
      Para a autoclave em si não é necessário. Mas para qualquer serviço de saúde ou interesse à saúde você precisa de pelo menos 4 pontos de água

      1 – Pia para lavar as mãos
      2 – Pia para lavar os instrumentais
      3 – Pia para o banheiro
      4 – Tanque no DML para lavar os panos de chão

      Abraços
      Liliana


    • Olá Marília
      Não pode…
      Porque afeta a qualidade das mesmas. Quando forem de procedimento são descartáveis. As cirúrgicas já devem ser adquiridas estéreis (o processo usualmente é raio Gama).
      Se forem de utilidade, só desinfetar mesmo. O mais prático é usar álcool para degermação de mãos, mas existem outras possibilidades.
      Abraços
      Liliana

  29. antonio carlos gomes da cruz Reponder

    como realizo o desblqueio da estufa (OBS ANTONIO- é autoclave OK?- editado Liliana) para funicionamento , trabalho a bordo do navio celso furtado ,temos aqui nosso posto de enfermagem ,tenho uma (OBS ANTONIO- é autoclave OK?- editado Liliana)vitale plus, da cristófoli. mas precisa ser desbloqueada …o abençoado enfermeiro anterior não deixou a autoclave em funcionamento .


  30. Olá
    Estou tendo dificuldade de encontrar o óleo PREMIX SLIP, tanto nas dentais como em locais especializados em produtos hospitalares em FORTALEZA.


    • Olá Elis tudo bem? Eu sei…
      É aquela velha máxima do comercio, não tem porque ninguém compra, ou ninguém compra porque nunca tem?
      Mas eu consegui que uma de novas revendas pelo menos mantenha estoque, e mande também via internet:
      http://www.dronlime.com.br na aba materiais de consumo.
      Abraços
      Liliana


  31. Gostaria de saber onde encontrar Premix Slip, pois nas dentais de Fortaleza não dispõe desse produto e nem locais que vendem produtos hospitalares.


    • Ola Deyvid

      Alguns artigos podem ser esterilizados em estufa, mas não podem ser esterilizados em autoclave. Por exemplo alicates e brocas em aço carbono. Mas a maioria é o contrário. De um modo geral á mais fácil migrar da estufa para a autoclave, pois você encontra esses artigos em aço inoxidável que pode ir à autoclave. Na dúbia, pergunte ao fabricante do artigo que deve trazer essa informação na embalagem do produto.
      Atenciosamente,
      Liliana


  32. Gostaria de saber se eu posso comprar o alicate mundial para cutículas( 722) para a autoclaves e queria saber quantos kits contendo um alicate de cutícula uma espátula e um alicate de unha cabem nessa autoclave cristófoli baby

  33. Islani de alemida Reponder

    Olá, gostaria de saber se posso esterilizar minhas brocas odontológicas em potinhos de vidros individual com bolinha de algodão ?


    • Olá Islani
      Não é o melhor método, pois pode reter umidade e dai suas brocas vão ser danificadas. Você pode embalar uma a uma no papel grau cirúrgico ou ainda nos broqueiros em kits. Acho mais prático.
      Liliana


  34. Olá gostaria de saber onde encontrar premix slip e detergente enzimático em São Paulo?


    • Solange, são muitas as possibilidades. Entre elas, uso de detergente doméstico (substitua por enzimático), pouco enxágue ( enxágüe abundante e trocando o detergente possivelmente ajudará também, água com muitos íons (último enxágue com água purificada), entre outros.
      Espero ter ajudado você,
      Liliana


  35. Trabalho na area de sterilizacão na australia .. La deixamos a temperatura a 134° por 4 minutos porque essa diferença enorme no brasil


    • Existem modos diferentes de construção de autoclaves, com e sem vácuo e como fazer as cargas das autoclaves. Além disso existem ciclos específicos para determinados produtos. Alguns materias por exemplo, não resistem a 134 graus.
      E as diferenças não acontecem somente no Brasil. Você encontrará também em outros países.
      Na verdade os quatro minutos referem-se somente ao tempo de esterilização, e não inclui o aquecimento e secagem. O importante é que a esterilização realmente aconteça.Para isso que a monitorização deve estar sempre presente,em toda a sua extensão com protocolos validados.


    • OLá Vanessa
      Sim o acrílico pode sofrer dano. Consulte o fabricante do produto para certificar-se. Há plásticos semelhantes que podem ser autoclavados como alguns abridores de boca. Se o produto for odontológico, muitos já trazem essa informação.
      Depois conte para nós o resultado.
      Abraços
      Liliana


    • Olá. Estou atendendo um cliente com produtos de higiene e limpeza, um hospital. Ele está com problema de rasgamento dos tecidos que vão na auto clave. Como posso ajuda-lo a solucionar esse problema?


      • Ola Jana. Passe os dados do cliente para mim no meu e-mail que eu terei prazer em respondê-lo. Fica complicado para repassar, porque assim não consigo perguntar o que é necessário.
        Obrigada
        Liliana


  36. Boa tarde!
    Retirei esta tarde meu instrumental cirurgico da autoclave e notei que o material tem manchas vermelhas e a autoclave ficou com fundo manchado o que pode ser?
    Aguardo retorno.


    • Olá Aline
      Tudo bem?
      Manchas vermelhas usualmente estão relacionadas com oxidação/ferrugem associadas ao instrumental.A origem pode variar. Água com resíduos ferrosos (por isso a indicação da água destilada para esterilização, mas se a água de abastecimento da rede for de baixa qualidade, o simples enxágüe final pode também afetar, mesmo que você utilize água destilada na esterilização. Solução, enxaguar ( só a final), com água filtrada de preferência destilada ou deionizada, Outra possibilidade é instrumentos antigos que acabam contaminando quimicamente os outros. Esterilização de materiais de aço descartáveis como por exemplo, lâminas de bisturi, que também contaminam outros materiais causando a corrosão. Resíduos de detergente, matéria orgânica, tempo excessivo antes de processar o instrumental s~ao outras possibilidades.
      espero ter ajudado você.
      Procure fazer um protocolo de limpeza e utilizar somente detergentes enzimáticos e produtos específicos para a sua finalidade. Fuja das esponjas de aço e dupla face!
      abraços
      Liliana


  37. Continuando… ao questionar a medica, a mesma alegou que usava autoclave, mas nao.embalava os materiais… apenas armazenava os em caixas metalicas durante o processo. Enfim, eu fiz o procedimento e agora estou muito preocupada… quais povidencias devo tomar…


  38. Eolá, gostaria de saber se é possível esterilizar material na autoclave sem utilizar nenhum tipo de embalagem? Apenas o material estando armazenadas em caixas metálicas? E mais, há diferença se a caixa metalica estiver fechada ou aberta durante a esterilização? Aconteceu um episódio comigo. Tive que fazer uma biopsia de colo de utero e chegando la percebi que a pinça nao estavalacrada no grau… ao questiona q amédica, a mesma me resçindeu


  39. gostaria de saber se uma vez ou outra podemos esterilizar com água normal sem ser destilada?


  40. Ola gente, tudo bom? Estou elaborando um artigo sobre a análise de riscos em um salão de beleza, e se pudessem me tirar uma dúvida, eu agradeço. Eu encontrei em vários lugares falando sobre o tempo e temperatura necessária para esterilizar um equipamento com o autoclave e estufa, porém não consegui descobrir da onde tiraram essa informação. alguém saberia me dizer se existe alguma legislação ou NBR ou é encontrado em manuais de fabricantes ou só na bibliografia mesmo. Caso seja apenas nos manuais, poderia me indicar marcas conhecidas desses equipamentos, para que eu possa me basear?
    Agradeço a todos.


    • Olá Victor
      Há várias referências sobre esses tempos. Uma delas é o manual de processamento de artigos e superfícies do MS de 1994.
      Manual da Anvisa de 2006 para Odontologia
      SS374 de São Paulo
      Ente muitas outras. Veja o manual de São Paulo para Salão de Beleza Saúde e Beleza da secretaria municipal da saúde
      É só você colocar no Google que vai encontrar. Tem ampla literatura falando sobre os tempos.
      Estou de saída em viagem.Se você tiver dificuldade em encontrar depois do dia 10 de junho, estarei com amigo disponibilidade até para indicar mais bibliografia e enviar os documentos para você.
      Abraços e boa sorte
      Liliana


  41. Querida Liliana , gostaria muito de saber se ha artigo cientifico atualizado sobre o tempo de validade de materiais esterilizados em embalagem de papel grau cirúrgico,


    • Tem publicações sim a respeito. Inclusive uma de uma aluna da Dra Kazuko, reforçando a idéia de evento/relacionado. Isto é, o que importa não é o prazo em si, mas as condições , se o pacote esta corretamente armazenado e mais importante, sem ( ou muito pouca) manipulação. Vou checar e depois eu passo para você.
      Abraços
      Liliana


    • Bom dia!
      O lubrificante correto é adequado para uso em autoclaves e você não encontrará em farmácias e sim em cirúrgicas e dentais.Um deles é o Premix-slip.
      Atenciosamente,
      Liliana


  42. Alguém que tenha conhecimento poderia informar qual o custo para se montar um centro de esterilização em um estado com aproximadamente 2.000.000 de habitantes.

  43. maria de nazare freitas costa Reponder

    é que um tecnico me informou que tanto faz um ciclo ou outro. ´pois em quanto em um ( 121° a 20 minutos) vc aumenta tempo e diminui temperatura e em outro ( 15 minutos a 134°) aumentamos temperatura mais diminuimos tempo, e segundo o tecnico no final o processo é o mesmo, pois se um instrumental danificar no ciclo a 121° tambem sofreria o mesmo dano em 134°. isso confere?


    • Olá Maria de Nazaré
      Os ciclos são construídos para esterilizar levando em conta tempo e temperatura (com pressão e vapor). Por isso quanto mais quente, mais curto o tempo. Mas a outra afirmação é incorreta.Alguns materiais são mais sensíveis à temperatura, por isso temos ciclos diferentes. Logo, tem materiais que você deve usar somente o ciclo de 121 graus para que dure mais.
      Espero ter ajudado você.
      Abraços
      Liliana


  44. qual o tempo de esterilização para gazes? E depois de 7 dias posso reeseterilizar novamente?

  45. Miriam S. Rodrigues Reponder

    Boa tarde. Assistindo ao video de como esterilizar alicates em autoclave , deve-se usar lubrificante hidrossolúvel nos materiais de inox colocando algodão nas pontas para não perder o corte. Eu gostaria de saber se você poderia me informar quanto tempo dura o corte de um alicate amolado por um bom profissional (fazendo 2 procedimentos ao dia com o mesmo alicate.Obrigada.


    • Bom dia Miriam. Não tenho essa informação.Durante o período de estudo, três meses os alicates foram amolados duas vezes, mas não foram todos ao mesmo tempo. A manicure possuía outros alicates e as clientes também levavam os seus. Então não consigo avaliar essa questãoCOM certeza se fosse hoje eu teria estudados outras variáveis.
      Atenciosamente,
      Liliana

  46. maria de nazare freitas costa Reponder

    oi preciso saber qual a diferença entre esterilização de 20 minutos a 121° e de 15 minutos a 134°? no final, não da no mesmo processo?


    • Ajuda a aumentar a vida útil dos instrumentos. Tecidos precisam de mais tempo de exposição e de secagem.
      Otimiza o tempo. Praticidade.
      Só isso! E tudo isso! Esclareceu?

  47. Claudia Alejandra Gonzalez Reponder

    Possuo 17 manicures e aos fins de semana chego ao apice do meu atendimento, quantos litros seria ideal para uma auto clave no meu estabelecimento? Uma ou duas? Quantos conjuntos(Palito alicate de corte e cutícula) de instrumentos de corte podem ser esterilizados ao mesmo tempo?Além do saquinho cirurgico qual são os outros materiais para que a esterilização aconteça corretamente. Obrigada Claudia


    • Olá Claudia Tudo Bem?
      Para podologia a vigilância sanitária solicita 6 conjuntos. Eu penso que é pouco para um dia de muito movimento. O ideal é já ter tudo prontinho, para no dia de pico, ninguém ficar esterilizando material quando poderia estar atendendo clientes.Vamos imaginar que cada mancure atenda no dia de pico 10 clientes.12 kits penso que é razoável. Serão então 17 x 12 = 204 :26 = 8 ciclos em uma autoclave de 21 litros com dois suportes. O ideal seria trabalhar com duas autoclaves, assim ninguém se estressa…
      Lembre-se que você vai precisar u da seladora, ou que os pacotes seja auto-selantes. Os alicates /palitos espátulas devem ser de aço inoxidável.
      Os instrumentos de corte e cutícula podem ser esterilizados juntos. Mas você deve considerar, se você usa realmente um alicate de corte ( daqueles grandes, o pacote vai ficar muito volumoso e poderá não caber no suporte com tudo junto) então você acaba tendo que usar a configuração normal da autoclave que só vai permitir 12 pacotes em cada ciclo o que limita ainda mais a quantidade. Se for um alicate de cutícula “tarnsforado”em de corte vai caber. O que é frequente é fazer os pacotes sem o alicate de corte (esterilizá-lo sozinho num pacote separado) e só pegar se for necessário (usualmente para cortar a unha do pé).O geral é usar lixa para diminuir o comprimento da unha.
      Você também vai precisar de um lubrificante – sugiro o Premix-slip. Se tiver dificuldade de encontrar me passe um e-mail que eu indico onde você acha. E uma cuba plástica para imersão, além de detergente enzimático.Só!
      Você já assistiu o video?
      Abraços Liliana

  48. Milena Fávero Reponder

    Bom Dia,
    Gostaria de saber se material EVA e emborrachados podem ser esterilizados na autoclave.
    Obrigada, Milena

  49. Iure Cezar Cardoso do Nascimento Reponder

    Sou ginecologista e necessito esterilizar materiais para meu consultório (tipo histerômetro, tesoura, espéculo, pinças etc). Podes me ajudar a escolher a melhor autoclave para mim?
    Um abraço


    • Olá Iure.
      Tudo bem?
      Pelo que você me descreve uma autoclave de 12 litros seria adequada para você. O histerômetro, creio que a limpeza é muito difícil e seria mais interessante você adquirir o modelo descartável, comprado já esterilizado.A autoclave Vitale Plus tem a vantagem de trabalhar o ciclo de secagem com a porta fechada. Por favor me indique a sua cidade assim eu posso enviar para você por e-mail algumas opções de revenda perto de você.
      Abraços Liliana

  50. Iure Cezar Cardoso do Nascimento Reponder

    Sou ginecologista e estou interessado em realizar esterilização de pequenos materiais (esterilização de tesoura, histerômetro, espéculo, pinças e coisas do gênero) para meu consultório. Podes me ajudar a escolher a melhor autoclave para mim?
    Atenciosamente


  51. BOM DIA !

    POR FAVOR,GOSTÁRIA DE SABER SE É CORRETO OU NÃO O USO DE VENTILADORES PARA SECAGEM DE MATERIAIS,COMO MASCARAS DE INALAÇÃO E INSTRUMENTAIS METÁLICOS.
    DESDE JÁ MUITO OBRIGADO


    • Olá Jorge. O uso de ventiladores é inadequado tanto para controle de temperatura quanto para secagem de material.Os ventiladores espalham a contaminação .
      O melhor é usar toalhas de papel de boa qualidade e que não solte fiapos.


  52. gostaria de saber se é a estufa que danifica os instrumentais de odonto(metais) ou é a autoclave? Por exemplo com relação ao corte, qual deixa eles sem corte?


  53. Oi,eu gostaria de saber o que acontece se esquecermos a estufa ligada…
    e o que pode acontecer com os materiais que estavam la.??
    Obrigada


    • Olá Rafaela

      O que vai acontecer, vai depender da temperatura que esta a estufa. Pode tanto danificar completamente os instrumentos, como pode não acontecer nada.
      Bem, não devemos deixar nunca um equipamento ligado e ir embora..


  54. por favor me responda que estou com duvidas , quanto tempo devo deixar o autoclave ligado para esterelizar a a quantos graus


    • Edvânia, as autoclaves geralmente vem com ciclos pré-progamados de fábrica. Isso inclusive, torna o seu uso mais fácil. Se for possível entre em contato com o fabricante da sua autoclave. A Cristófoli por exemplo, tem autoclaves que trabalham com diferentes temperaturas. E temos ciclos com a mesma temperatura, mas com o tempo diferente, porque são indicados para produtos diferes, como tecido que exige um tempo maior de exposição.
      Para não errar, em use 30 minutos a 121 graus na autoclave a vapor ( depois que entrou em esterilização), e 15 minutos a 134 graus ( depois que entrou em esterilização). Lembre-se que você vai precisar do tempo de aquecimento e secagem. Isto se a autoclave tiver meios para que você regule, tempo e temperatura. Fique à vontade para voltar a entrar em contato caso tenha ficado alguma dúvida a esclarecer. abraços

  55. fABRICIANA ANDRADE Reponder

    gostaria de saber os tipos de secadores de equipamentos e instrumentos cirúrgicos e como eles funcionam? não é o de esterilizar em si , mas o de secagem.


    • Olá Fabriciana.
      Eu frequento muitas feiras tanto da área odontológica, como as da área hospitalar e nunca vi o equipamento à venda. Usualmente o que se usa é pistolas de ar comprimido e eventualmente as velhas estufas calibradas a 50 graus centígrados. Procurei na internet e também não encontrei. Se eu achar alguma coisa prometo que eu posto no BLOG.
      Abraços


    • Edvania
      No código de ética da odontologia que dita os direitos e deveres dos profissionais, no seu capítulo 3, artigo 5
      consta:
      V I I I elaborar e manter atualizados os prontuários de
      pacientes, conservando-os em arquivo próprio;

      Entendo que é dever do dentista, zelar pelo prontuário do paciente. Se o ASB puder escrever no prontuário, o dentista deve conferir e assegurar que a informação foi devidamente registrada. Para uma informação mais precisa , entre em contato com o CRO : http://www.cro.org.br


  56. Liliana Junqueira de Paiva Donatelli esta ficha que falo é aquela que tem arcada dentaria


  57. Por favor me esclareça pois estou preocupada este preenchimento é ou não um laudo medico


  58. Pois aqui a dentista só faz o procedimento na boca do paciente e diz que o preencimento na ficha quem faz é a ACD


  59. Gostria de saber se é a ACD que preenche o procedimento na ficha do pacinte ou é a dendista?


  60. antes de colocar os estrumentos odontologicos na estufa deve embalar com papel para esterelizãção


    • Olá Edvania. Você pode usar caixas metálicas ou poliamida/nylon (lacrados). Não há papéis para usar em estufas. Os pacotes devem ser sempre embalados antes de esterilizar, para garantir a manutenção da esterilização.
      A estufa, porém , esta em desuso, por muitos motivos o mais forte é que a temperatura no sei interior não é uniforme, o que pode acarretar falha na esterilização. Por este motivo, alguns estados já proíbem o sue uso ( Minas Gerias para Odontologia e Rio Grande do Sul para Odontologia e Serviços de Atenção à Saúde).


  61. olá pessoal, preciso muito saber quais as vidraçarias que não podem ser autoclavadas e o porque.
    é URGENTE, por favor mi ajudem!!’
    Obg!’

    PS: se possível mandar resposta para meu e-mail:
    ale2006copa@hotmail.com


    • As vidrarias resistentes ao calor podem ser esterilizadas em autoclave. Vidro temperado tipo “pirex”. Precisa verificar qual a finalidade de esterilizar os recipientes de vidro. Os vidros de laboratório são usualmente resistentes, em caso de dúvida se for esse o caso, consulte o fabricante ou o seu fornecedor. Será que eu respondi você?

  62. severo feitosa de lima Reponder

    o que fazer com a estufa, que serventia tem e que fim da ao aparelho.


    • Severo.
      Ola!
      Você pode utilizá-la para secar material ( antes de embalar para autoclavar). Para essa finalidade, ela devera estar regulada em 50 graus. O procedimento deve constar no seu Manual de Rotinas e Procedimentos e a estufa instalada na área “suja”da central de esterilização. Caso contrário a presença da estufa por ser considerada uma não conformidade. Analise se vale a pena manter a sua estufa, se o espaço é adequado se esta seno produtivo.
      Sugiro que você entre em contato com o fabricante. Pode ser que tenha alguma destinação em outra área. Espero ter ajudado você.


    • Severo. Difícil de dizer. Ja ouvi recomendação de usar para secar instrumentos na central de esterilização depois da lavagem. Para isso deve estar regulada a 50 graus e ficar na área suja da esterilização. Cuidado, pois deve estar bem especificado no seu manual de rotinas e procedimentos, para que não pareça cruzamento no fluxo de material.

  63. Taiane de Oliveira Reponder

    Gostaria de saber o porque não se pode reutilizar o papel grau-cirúrgico, e como se dá o processo de esterilização em autoclave com esse papel.
    Obrigada


    • Embalagens de papel grau cirúrgico ou descartáveis de qualquer natureza constam da lista de produtos proibidos de reprocessar (RE2605-2006- ANVISA). Isto se justifica de várias maneiras:
      – Quando a embalagem é submetida ao calor e vapor há uma mudança física na sua estrutura que impede que ela seja utilizada novamente.
      – Há mudança de cor do indicador químico de processo. Se a embalagem for reutilizada , o operador poderá se confundir e utilizar artigos que não passaram pelo processo de esterilização.
      – A Abertura asséptica inutiliza a embalagem.
      Veja logo mais o post que será inserido no Blog sobre este assunto


      • Esta questão da reutilização do grau cirugico sempre me interessou pois sempre li e ouvi que o processo de esterilização em autoclave altera as fibras do papel, gostaria então de saber se existe algum trabalho na literatura científica que demonstre a alteração física das fibras do papel grau cirúrgico.


        • Artigo científico específico sobre esse assunto eu não conheço. Hoje pela manhã fiz um novo levantamento- não encontrei novidades. Mas esta informação sobre a alteração física esta descrita em várias publicações sobre esterilização , inclusive em normas internacionais que regulam o uso de papel grau cirúrgico.

  64. Edime Ubaldina Silva Reponder

    Gostaria de saber o nome comercial do leite lubrificante hidrossoluvel,e onde compra-
    lo.


    • Há várias opções no mercado, mas eu trabalhei com o Premix Slip da Ruhoff. Além de agir como lubrificanete, ajuda a preservar o instrumentais Você encontrará mais facilmente nas cirúrgicas. Como é pouco procurado não é tão fácil encontrar nas dentais e lojas que fornecem produtos para a área de Beauty.

Deixe uma resposta