Blog Biossegurança | Cristófoli

Blog Biossegurança | Cristófoli

Blog Biossegurança | Cristófoli

Apresentação da Empresa Fundada em 1991, a Cristófoli Equipamentos de Biossegurança é empresa líder em vendas de autoclaves de mesa no mercado nacional, já fabricou mais de 240 mil autoclaves para o Brasil e para mais de 30 países para onde exporta parte de sua produção. Os equipamentos fabricados pela Cristófoli são altamente funcionais, combinando tecnologia, design e sistemas diferenciados para atender cada vez melhor os seus clientes. Administrada pela família Cristófoli, tem sua sede na Rodovia BR-158, nº 127, em Campo Mourão, Paraná, Brasil. Fabricante e importadora de produtos para a saúde, a empresa tem vários diferenciais que a fazem uma das melhores do Brasil. Visão Ser referência mundial na área de saúde por crescer com criatividade, lucratividade e respeito às pessoas. Missão "Desenvolver soluções inovadoras para proteger a vida e promover a saúde". Histórico A Cristófoli se destaca por sua criatividade e inovação que há mais de 20 anos ajuda a construir a nossa história com invenções e produtos revolucionários para proteger a vida e promover a saúde. Certificações A conquista de um certificado é a aprovação para um sistema de gestão baseado em normas internacionais. É uma moderna ferramenta de administração e marketing que atesta a eficiência da empresa em determinada área para seus acionistas, clientes e mercado. Entretanto, para que uma empresa possa ser certificada, primeiramente um sistema de gestão deve ser implantado. Um sistema de gestão normatizado é a ferramenta mais moderna que existe para administrar informações, processos e pessoas envolvidas com uma ou mais atividades da empresa visando aumentar efetivamente sua eficiência. Clique nos certificados para visualizá-los. CERTIFICAÇÃO ISO 13485:2004 TUV MINISTÉRIO DA SAÚDE: AUTORIZAÇÃO DE FUNCIONAMENTO DA EMPRESA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO MOURÃO: ALVARÁ DE LICENÇA LICENÇA SANITÁRIA E DO EXERCÍCIO PROFISSIONAL INSTITUTO AMBIENTAL DO PARANÁ: LICENÇA DE OPERAÇÃO CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - EMBALAGEM PARA ESTERILIZAÇÃO CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - EMBALAGEM PARA ESTERILIZAÇÃO - 10363350016 CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - AUTOCLAVES CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - CUBA DE ULTRASSOM Fundação Educere A Fundação Educere é um Centro de Pesquisas e Desenvolvimento na área de biotecnologia, cujo foco principal é a incubação de empresas a partir de um projeto social inovador que atua na formação de jovens com potencial empreendedor. A instituição fornece suporte para o desenvolvimento de novos negócios voltados para a difusão e transferência de tecnologia na área biomédica, e é referência em pesquisa e desenvolvimento de produtos inovadores e que agregam valor tecnológico, que estão presentes em todo o território nacional e em diversos países da América, Ásia e Europa. Visão Tornar Campo Mourão referência em pesquisa e desenvolvimento de produtos de saúde. Missão Descobrir e potencializar novos talentos para desenvolver um mundo melhor.

2019n-COV – O novo Coronavírus, que foi inicialmente detectado na cidade chinesa de Wuhan, está se espalhando pelo mundo. O Ministério da Saúde publicou no dia 23 orientações de manejo para casos suspeitos.

No dia 24 de janeiro: 26 mortos, 800 infectados em nove países: Estados Unidos, Japão, Tailândia, Coreia do Sul, Vietnã, Singapura e Arábia Saudita e, com os dois casos recém confirmados na França, o vírus chega à Europa.

Caso Suspeito de 2019n-COV em Belo Horizonte é descartado

Embora o caso suspeito tenha sido descartado e ainda não haja casos no Brasil é bem possível que eles ocorram. Outros 4 casos também foram descartados. Ainda é muito cedo para prever como o vírus vai se espalhar pelo mundo. Aparentemente a transmissão de pessoa a pessoa é limitada.O Ministério da Saúde já esta se preparando e tem uma página dedicada ao assunto.

Conheça o documento completo publicado pelo Ministério da Saúde sobre o vírus e o que fazer em caso de caso suspeito.

2019n-COV – Parente do Vírus da SARS – e da MERS

O novo vírus é bastante semelhante ao vírus da Síndrome Respiratória Aguda – SARS que também surgiu na China em 2002 e foi responsável por cerca de 800 mortes em todo o mundo.

A Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS) é outra doenças causada por arenavírus.

Os coronavírus são zoonótico, isto é, são transmitidos entre homens e animais. A SARS tem origens em um tipo de mamífero silvestre, enquanto a MERS o dromedário. O local onde foi detectada a transmissão inicial foi um mercado livre na cidade de Wuhan no qual se vende animais vivos, incluindo espécies silvestres. O maior suspeito até o momento é uma cobra, mas não está esclarecida a cadeia de infecção.

China Constrói hospital em tempo relâmpago

A China se prepara para receber pacientes da doença, o hospital deve ficar pronto em cerca de dez dias e ter capacidade para receber 1000 pacientes. O objetivo é restringir em um só local facilitando as medidas de contenção e ter profissionais mais especializados para evitar a transmissão da doença.

Organização Mundial da Saúde

A OMS, ainda não decretou Alerta Global. A China toma medidas preventivas inclusive cancelando comemorações do feriado mais importante no país o Ano Novo Chinês. Aeroportos de várias cidades que são porta de entrada estão monitorando temperatura dos viajante, em especial aqueles provenientes de zonas com o vírus.

Entretanto, o alerta por acontecer a qualquer momento com o aumento do número de casos.

Arenavírus no Brasil – Primo do Vírus Sabiá- Febre hemorrágica

Ainda essa semana também foi detectado u vírus muito semelhante ao vírus Sabiá, que provou a morte de um homem do interior paulista. Foi identificado no laboratório do Hospital Alber Einstein em São Paulo.

Esse vírus, apesar de muito letal, tem a transmissão bem limitada e o caso é considerado isolado e de baixo risco para a população em geral. Todos as pessoas que entraram em contato com o paciente estão sendo monitorados.

Similarmente ao vírus Sabiá (último caso registrada no Brasil foi há mais de 20 anos), estima-se que ocorra pela aerosolização de urina e fezes de ratos silvestres por inalação. Ainda não se sabe se é possível a transmissão entre humanos.

Quanto ao vírus da febre hemorrágica brasileira o risco parece bem baixo. Quanto ao 2019n-COV, vamos torcer para que as medidas de contenção sejam eficazes e que as pesquisas nos ajudem a entender rapidamente toda a cadeia de infecção para implementar as medidas de prevenção.

Devemos permanecer sempre atentos.

Liliana Junqueira de P. Donatelli

Fontes: Ministério da Saúde

OMS

Folha de São Paulo

Autor

Bióloga, Mestre em Saúde Coletiva, Coordenadora do Projeto Biossegurança em Odontologia, e mais recentemente do Projeto Biossegurança Beauty& Body Art, ambos patrocinados pela Cristófoli. Já ministrou mais de 500 palestras sobre o tema Biossegurança em Saúde e participa ativamente de entidades dedicadas ao Controle de Infecção em Saúde e Interesse à Saúde. É consultora em Biossegurança em Saúde da Cristófoli.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.