Você sabe quantos materiais de consumo diferentes você usa na sua prática diária?

O cirurgião-dentista utiliza centenas, se não milhares de produtos de consumo odontológicos para a sua prática. Será? Pense na variedade de brocas, já são dezenas, na variedade de resinas, material de moldagem. Olhe suas gavetas e comece a contar os itens. Se você já tem uma lista de compras da dental sabe que o que eu digo tem fundamento.

Você guarda os produtos de consumo odontológicos fora da embalagem original?

Um dos grandes inconvenientes de ter tantos materiais é  armazená-los de modo correto. Para complicar, as caixas que tornam os produtos vistosos e atraentes para o consumidor (e fazê-lo comprar …) ocupam um enorme espaço, que é precioso dentro dos armários do consultório.

Cuidado! Com esse hábito você pode perder informações preciosas a respeito do produto. Certas indicações (em alguns materiais) só estão presentes na caixa, como por exemplo:

  • modo de usar,
  • prazo de validade
  •  prazo de validade depois de aberto
  • riscos à saúde
  • providências em caso de acidente

Será que eu preciso de todos?

Cada vez surgem novas opções de materiais, técnicas diferentes que convidam você a comprar outros produtos. É claro que é preciso inovar  e buscar conhecimentos avançados para ficar sempre por dentro da odontologia de ponta. Mas a organização é fundamental. É preciso planejamento e obviamente conhecer bem a técnica para ter um resultado excelente. De nada adianta comprar materiais e não conseguir tirar o mehor proveito que o novo produto traz para você.

Elimine o que você não usa

Fácil de falar, difícil de por em prática. Assim como no guarda-roupa, o produto que já faz um ano que você não usa, dificilmente você vai usar depois. Coragem e dê um novo destino. Minha mãe tinha uma amiga, que foi engordando como tempo e perdendo as roupas – que ela não se desfazia pois afinal ela ia emagrecer! Até o ponto que ela teve que mandar fazer um armário para guardar as roupas que ela não cabia. Um belo dia,  ela fez uma redução de estômago e foi pegar as roupas que ela tinha guardado com tanto carinho. Estavam fora de moda e completamente inadequadas com a nova idade e estilo de vida.

Por isso, elimine todas aquelas caixinhas de alumínio para esterilizar em  estufa do tempo da faculdade!

Domine bem uma técnica e um protocolo antes de uma nova aventura

Formiga em confeitaria, mulher em liquidaçao, Liliana na papelaria, dentista no CIOSP…Tem tanta novidade que a gente fica tonto e querendo comprar tudo! Só que nem sempre a gente sabe bem o que fazer com uma canetinha com dez cores. Aqui é obviamente um exagero que serve como um alerta para que a gente sempre se pergunte se deve mesmo investir em um novo produto. Então vale à pena perguntar-se:

  • Eu vou usar esse produto no próximo mês?
  • Eu domino a técnica para usar esse produto?
  • Eu tenho muito estoque de um produto similar?
  • Qual a vantagem de trocar de produto? O meu resultado será melhor? Vou ganhar mais tempo? É mais fácil de trabalhar? Existem estudos científicos que comprovam o benefício?

“Tenho sempre tanta coisa para fazer que não me sobra tempo para planejar…”

Já ouviu isso?

Que tal inverter a situação? Reserve um tempo para planejar, de preferência de manhã quando a cabeça ainda está fresquinha e os problemas do dia a dia não começaram a aparecer.

  • Olhe sua agenda da semana e repasse quais são os procedimentos que você vai realizar;
  • Separe em blocos e  verifique se você tem os materiais de consumo para atender todos os pacientes da semana;
  • Cheque os kist esterilizados. Quantos tipos de kits você tem?

Organização e Padronização – variações do pretinho básico

Procure padronizar e escolher o que você realmente precisa. Assim você otimiza o estoque de material e ganha tempo- seu e da sua auxiliar. Você vai ver que vai ficar tudo mais fácil e ainda você vai economizar e poder investir nos equipamentos e produtos que realmente vão fazer a diferença.

Espero que este post tão informal de hoje faça você pensar nesse problema tão sério na vida de todos nós. Organização é fundamental!

Coragem e mãos à obra!

Liliana Junqueira de P. Donatelli

Assuntos relacionados

Produtos Químicos Perigosos em consultórios odontológicos: você sabe identificá-los?

 

Autor

Bióloga, Mestre em Saúde Coletiva, Coordenadora do Projeto Biossegurança em Odontologia, e mais recentemente do Projeto Biossegurança Beauty& Body Art, ambos patrocinados pela Cristófoli. Já ministrou mais de 500 palestras sobre o tema Biossegurança em Saúde e participa ativamente de entidades dedicadas ao Controle de Infecção em Saúde e Interesse à Saúde. É consultora em Biossegurança em Saúde da Cristófoli.

1 Comentário

  1. Pingback: Fique de olho no prazo de validade dos produtos de consumo odontológicos! - Blog Biossegurança | Cristófoli

Deixe uma resposta