Blog Biossegurança | Cristófoli

Blog Biossegurança | Cristófoli

Blog Biossegurança | Cristófoli

Apresentação da Empresa Fundada em 1991, a Cristófoli Equipamentos de Biossegurança é empresa líder em vendas de autoclaves de mesa no mercado nacional, já fabricou mais de 240 mil autoclaves para o Brasil e para mais de 30 países para onde exporta parte de sua produção. Os equipamentos fabricados pela Cristófoli são altamente funcionais, combinando tecnologia, design e sistemas diferenciados para atender cada vez melhor os seus clientes. Administrada pela família Cristófoli, tem sua sede na Rodovia BR-158, nº 127, em Campo Mourão, Paraná, Brasil. Fabricante e importadora de produtos para a saúde, a empresa tem vários diferenciais que a fazem uma das melhores do Brasil. Visão Ser referência mundial na área de saúde por crescer com criatividade, lucratividade e respeito às pessoas. Missão "Desenvolver soluções inovadoras para proteger a vida e promover a saúde". Histórico A Cristófoli se destaca por sua criatividade e inovação que há mais de 20 anos ajuda a construir a nossa história com invenções e produtos revolucionários para proteger a vida e promover a saúde. Certificações A conquista de um certificado é a aprovação para um sistema de gestão baseado em normas internacionais. É uma moderna ferramenta de administração e marketing que atesta a eficiência da empresa em determinada área para seus acionistas, clientes e mercado. Entretanto, para que uma empresa possa ser certificada, primeiramente um sistema de gestão deve ser implantado. Um sistema de gestão normatizado é a ferramenta mais moderna que existe para administrar informações, processos e pessoas envolvidas com uma ou mais atividades da empresa visando aumentar efetivamente sua eficiência. Clique nos certificados para visualizá-los. CERTIFICAÇÃO ISO 13485:2004 TUV MINISTÉRIO DA SAÚDE: AUTORIZAÇÃO DE FUNCIONAMENTO DA EMPRESA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO MOURÃO: ALVARÁ DE LICENÇA LICENÇA SANITÁRIA E DO EXERCÍCIO PROFISSIONAL INSTITUTO AMBIENTAL DO PARANÁ: LICENÇA DE OPERAÇÃO CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - EMBALAGEM PARA ESTERILIZAÇÃO CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - EMBALAGEM PARA ESTERILIZAÇÃO - 10363350016 CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - AUTOCLAVES CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - CUBA DE ULTRASSOM Fundação Educere A Fundação Educere é um Centro de Pesquisas e Desenvolvimento na área de biotecnologia, cujo foco principal é a incubação de empresas a partir de um projeto social inovador que atua na formação de jovens com potencial empreendedor. A instituição fornece suporte para o desenvolvimento de novos negócios voltados para a difusão e transferência de tecnologia na área biomédica, e é referência em pesquisa e desenvolvimento de produtos inovadores e que agregam valor tecnológico, que estão presentes em todo o território nacional e em diversos países da América, Ásia e Europa. Visão Tornar Campo Mourão referência em pesquisa e desenvolvimento de produtos de saúde. Missão Descobrir e potencializar novos talentos para desenvolver um mundo melhor.

ANVISA promete legislação básica para Salões de Beleza no Brasil

A notícia é tão boa que eu não podia deixar de trazer aqui no Blog Biossegurança. Para quem como eu, esta há tempos nessa área, podemos dizer que já tivemos muitas mudanças para melhor. Não só na área de salões de beleza, mas em geral, nos serviços de interesse à saúde. Mas ainda falta!

Os instrumentos de manicure precisam ser esterilizados. Aqueles que não puderem ser esterilizados, como lixas e palitos de madeira, devem ser de uso único e descartados na presença do cliente.

Liderança nas reclamações sobre higiene

De acordo com a reportagem da agência globo desse domingo, os salões de beleza e serviços de estética lideram as reclamações por  falta de higiene na agência. Ainda, segundo a reportagem, falta de esterilização de alicates e reutilização de ceras para depilação são as mais comuns. Também não fica muito claro para os clientes as regras quanto ao uso do formol.

Fonte : Globo.com

Alguns estados já possuem leis próprias para o setor, mas falta  uma diretriz geral que dê as bases mínimas para serem obedecidas. Os estados da região sul, por exemplo, já exigem o uso da autoclave, enquanto que o Distrito Federal exige uma capacitação especifica sobre biossegurança de uma das pessoas do  próprio salão. Esse profissional também deve ter conhecimento específico na área da beleza e será o responsável por coordenar o programa. Nos estados do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina a legislação já esta em vigor. No distrito federal ainda há prazo para a adequação.

.Nada impede que os estados continuem legislando sobre o assunto. A a lei estadual entretanto, não pode ser menos rigorosa que a federal.Os  maiores beneficiados são os estados que não tem nenhuma orientação. Desta forma, ficará mais claro também para os clientes e para as vigilâncias sanitárias que fiscalizam os estabelecimentos.

Os clientes devem ser os primeiros a checar as condições dos salões que frequentam. No entanto, os critérios devem ficar mais claros  para que eles possam verificar.  Uma boa idéia é ser obrigatório afixar um cartaz com o certo e o errado. Informar é fundamental.

E você que já esta por dentro, informe seu cliente, valorize seu trabalho e abra o kit esterilizado na frente dele!

Beleza sim, com saúde!

Liliana Junqueira de P.Donatelli

Produtos relacionados:

Autoclave_Amora
Protex_E

Beleza e Saúde em suas Mãos

Autor

Bióloga, Mestre em Saúde Coletiva, Coordenadora do Projeto Biossegurança em Odontologia, e mais recentemente do Projeto Biossegurança Beauty& Body Art, ambos patrocinados pela Cristófoli. Já ministrou mais de 500 palestras sobre o tema Biossegurança em Saúde e participa ativamente de entidades dedicadas ao Controle de Infecção em Saúde e Interesse à Saúde. É consultora em Biossegurança em Saúde da Cristófoli.

2 Comentários

  1. Márcia Leda Pavanello Reponder

    Boa noite Liliana como sempre vc está sempre nos trazendo assuntos polemicos e atuais. Pois é!! moro em SP na região central e ainda observo que alguns salões do meu bairro não esterilizam os instrumentais, podemos dizer assim, utilizados nos clientes. Perguntei uma vez em um salão e me informaram que lavavam bem e depois desinfetavam com álcool, mas não esterilizavam. Certamente não há fiscalização efetiva por parte da ANVISA. Cabe a nós não frequentarmos locais que não esterilizam estes instrumentais. Muito obrigada. Abçs

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.