Blog Biossegurança | Cristófoli

Blog Biossegurança | Cristófoli

Blog Biossegurança | Cristófoli

Apresentação da Empresa Fundada em 1991, a Cristófoli Equipamentos de Biossegurança é empresa líder em vendas de autoclaves de mesa no mercado nacional, já fabricou mais de 240 mil autoclaves para o Brasil e para mais de 30 países para onde exporta parte de sua produção. Os equipamentos fabricados pela Cristófoli são altamente funcionais, combinando tecnologia, design e sistemas diferenciados para atender cada vez melhor os seus clientes. Administrada pela família Cristófoli, tem sua sede na Rodovia BR-158, nº 127, em Campo Mourão, Paraná, Brasil. Fabricante e importadora de produtos para a saúde, a empresa tem vários diferenciais que a fazem uma das melhores do Brasil. Visão Ser referência mundial na área de saúde por crescer com criatividade, lucratividade e respeito às pessoas. Missão "Desenvolver soluções inovadoras para proteger a vida e promover a saúde". Histórico A Cristófoli se destaca por sua criatividade e inovação que há mais de 20 anos ajuda a construir a nossa história com invenções e produtos revolucionários para proteger a vida e promover a saúde. Certificações A conquista de um certificado é a aprovação para um sistema de gestão baseado em normas internacionais. É uma moderna ferramenta de administração e marketing que atesta a eficiência da empresa em determinada área para seus acionistas, clientes e mercado. Entretanto, para que uma empresa possa ser certificada, primeiramente um sistema de gestão deve ser implantado. Um sistema de gestão normatizado é a ferramenta mais moderna que existe para administrar informações, processos e pessoas envolvidas com uma ou mais atividades da empresa visando aumentar efetivamente sua eficiência. Clique nos certificados para visualizá-los. CERTIFICAÇÃO ISO 13485:2004 TUV MINISTÉRIO DA SAÚDE: AUTORIZAÇÃO DE FUNCIONAMENTO DA EMPRESA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO MOURÃO: ALVARÁ DE LICENÇA LICENÇA SANITÁRIA E DO EXERCÍCIO PROFISSIONAL INSTITUTO AMBIENTAL DO PARANÁ: LICENÇA DE OPERAÇÃO CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - EMBALAGEM PARA ESTERILIZAÇÃO CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - EMBALAGEM PARA ESTERILIZAÇÃO - 10363350016 CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - AUTOCLAVES CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - CUBA DE ULTRASSOM Fundação Educere A Fundação Educere é um Centro de Pesquisas e Desenvolvimento na área de biotecnologia, cujo foco principal é a incubação de empresas a partir de um projeto social inovador que atua na formação de jovens com potencial empreendedor. A instituição fornece suporte para o desenvolvimento de novos negócios voltados para a difusão e transferência de tecnologia na área biomédica, e é referência em pesquisa e desenvolvimento de produtos inovadores e que agregam valor tecnológico, que estão presentes em todo o território nacional e em diversos países da América, Ásia e Europa. Visão Tornar Campo Mourão referência em pesquisa e desenvolvimento de produtos de saúde. Missão Descobrir e potencializar novos talentos para desenvolver um mundo melhor.

O sarampo é uma doença desconhecida para muitos jovens. Possivelmente, muitos pediatras novos de profissão não tiveram a oportunidade de ver os sintomas em uma criança. 

Certificado de Erradicação do Sarampo por um fio

Com o sucesso da vacinação contra a doença, os casos diminuíram bastante ao longo dos anos. Por isso, o Brasil conquistou em 2017 o certificado de erradicação de Sarampo da OMS. Entretanto, houve um surto importante de sarampo em 2018. As causas prováveis foram a baixa cobertura vacinal na região norte e o fluxo migratório da Venezuela (com uma taxa de cobertura vacinal ainda menor e vírus circulante).

Como segurar o Ressurgimento?

Houve um esforço bastante grande para alcançar a meta de vacinação que para o Sarampo é de 95%. Como é muito contagioso, é importante uma alta cobertura da população para evitar a circulação do vírus. De tal forma que mesmo aqueles que não podem se vacinar, ou vacinados não se imunizam se beneficiam com o baixo  (ou nenhum) número de casos, reduzindo dessa maneira a possibilidade de contrair o vírus e adoecer.

Sarampo – Doença Grave

Em alguns casos a doença pode trazer complicações e até a morte. Conheça os sinais e sintomas da doença:

Comuns:

  • Irritação nos olhos;
  • coriza;
  • manchas brancas da parte interna das bochechas;
  • mal-estar;
  • tosse persistente;
  • manchas vermelhas na pele.

Pode ocorrer:

  • Febre e convulsões;
  • infecção no ouvido;
  • conjuntivite;
  • pneumonia;
  • perda de apetite;
  • diarreia.

Em casos graves:

  • Lesão cerebral;
  • infecções do encéfalo;
  • morte.

Movimento anti-vacinal

Um forte movimento contrário à vacinação abalou o sucesso das coberturas em todo o mundo. Falsas pesquisas relacionavam com autismo! Mentira!

Vacinas: “vítimas do seu próprio sucesso”

Essa afirmação é muito usada pelos estudiosos do assunto e explica em parte o baixo nível de cobertura vacinal obtido em várias partes do mundo. Grande parte da população que hoje tem filhos pequenos não conviveu com as doenças que são prevenidas com a administração das vacinas, como sarampo, rubéola, caxumba, pólio, coqueluche.  Principalmente a varíola que  já foi erradicada do planeta. É provável que por não terem presenciado o estrago, sofrimento e morte que essas doenças podem causar, minimizem o benefício trazido por essa importante conquista da ciência e da saúde pública. Como resultado, não vacinam seus filhos.

Essa afirmação vem sede feita por vários estudiosos que tentarem explicar porque as pessoas deixam de se vacinar. Muito jovens nunca conviveram com as doenças imunopreviníveis. Não presenciaram o estrago que elas fazem. E assim, não valorizam o benefício que as vacinas proporcionam.

Vacina é o único recurso disponível

Assim como para muitas doenças provocadas por vírus, não há tratamento disponível específico para o sarampo. A vacina previne com eficácia e está permanente disponível nos postos de saúde.

Desafio: Onde está a sua carteira de vacinação?

Você sabe a resposta? Está em dia?

Se você é profissional da saúde certamente a sua responsabilidade é dobrada. Afinal de contas, você pode ser o veículo e transmitir a doença para alguém com imunidade comprometida – ainda que você não adoeça. Lembre-se disso quando começar a campanha da vacina contra gripe!

Vacinas – Fique de olho!

Então, mãos à obra! Cheque a sua carteirinha e de toda a sua equipe, sua família e aproveite a oportunidade para educar seus pacientes.

A responsabilidade é de todos nós!

Liliana Junqueira  de P. Donatelli 

Mais sobre vacinas no Blog Biossegurança:

Autor

Bióloga, Mestre em Saúde Coletiva, Coordenadora do Projeto Biossegurança em Odontologia, e mais recentemente do Projeto Biossegurança Beauty& Body Art, ambos patrocinados pela Cristófoli. Já ministrou mais de 500 palestras sobre o tema Biossegurança em Saúde e participa ativamente de entidades dedicadas ao Controle de Infecção em Saúde e Interesse à Saúde. É consultora em Biossegurança em Saúde da Cristófoli.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.