Blog Biossegurança | Cristófoli

Blog Biossegurança | Cristófoli

Blog Biossegurança | Cristófoli

Apresentação da Empresa Fundada em 1991, a Cristófoli Equipamentos de Biossegurança é empresa líder em vendas de autoclaves de mesa no mercado nacional, já fabricou mais de 240 mil autoclaves para o Brasil e para mais de 30 países para onde exporta parte de sua produção. Os equipamentos fabricados pela Cristófoli são altamente funcionais, combinando tecnologia, design e sistemas diferenciados para atender cada vez melhor os seus clientes. Administrada pela família Cristófoli, tem sua sede na Rodovia BR-158, nº 127, em Campo Mourão, Paraná, Brasil. Fabricante e importadora de produtos para a saúde, a empresa tem vários diferenciais que a fazem uma das melhores do Brasil. Visão Ser referência mundial na área de saúde por crescer com criatividade, lucratividade e respeito às pessoas. Missão "Desenvolver soluções inovadoras para proteger a vida e promover a saúde". Histórico A Cristófoli se destaca por sua criatividade e inovação que há mais de 20 anos ajuda a construir a nossa história com invenções e produtos revolucionários para proteger a vida e promover a saúde. Certificações A conquista de um certificado é a aprovação para um sistema de gestão baseado em normas internacionais. É uma moderna ferramenta de administração e marketing que atesta a eficiência da empresa em determinada área para seus acionistas, clientes e mercado. Entretanto, para que uma empresa possa ser certificada, primeiramente um sistema de gestão deve ser implantado. Um sistema de gestão normatizado é a ferramenta mais moderna que existe para administrar informações, processos e pessoas envolvidas com uma ou mais atividades da empresa visando aumentar efetivamente sua eficiência. Clique nos certificados para visualizá-los. CERTIFICAÇÃO ISO 13485:2004 TUV MINISTÉRIO DA SAÚDE: AUTORIZAÇÃO DE FUNCIONAMENTO DA EMPRESA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO MOURÃO: ALVARÁ DE LICENÇA LICENÇA SANITÁRIA E DO EXERCÍCIO PROFISSIONAL INSTITUTO AMBIENTAL DO PARANÁ: LICENÇA DE OPERAÇÃO CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - EMBALAGEM PARA ESTERILIZAÇÃO CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - EMBALAGEM PARA ESTERILIZAÇÃO - 10363350016 CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - AUTOCLAVES CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - CUBA DE ULTRASSOM Fundação Educere A Fundação Educere é um Centro de Pesquisas e Desenvolvimento na área de biotecnologia, cujo foco principal é a incubação de empresas a partir de um projeto social inovador que atua na formação de jovens com potencial empreendedor. A instituição fornece suporte para o desenvolvimento de novos negócios voltados para a difusão e transferência de tecnologia na área biomédica, e é referência em pesquisa e desenvolvimento de produtos inovadores e que agregam valor tecnológico, que estão presentes em todo o território nacional e em diversos países da América, Ásia e Europa. Visão Tornar Campo Mourão referência em pesquisa e desenvolvimento de produtos de saúde. Missão Descobrir e potencializar novos talentos para desenvolver um mundo melhor.

95% de cobertura vacinal nas crianças

As imunizações do calendário infantil superam a meta (no mínimo 90%)) da Organização Mundial da Saúde (OMS) todos os anos. A informarção esta no site da OMS na semana internacional de imunização que tem por objetivo implementar a medida.

Semana internacional de Imunização – Foto OMS/Zambrana

Enfim, uma boa notícia envolvendo o Brasil!

A organização lembra da dificuldade de distribuição do produto que tem exigências severas quanto à refrigeração durante o transporte e armazenamento para garantir a sua eficácia.

O Brasil é um país continental onde algumas áreas são de difícil acesso, como as comunidades no interior da floresta amazônica.

Vacinas- Uma longa jornada até o destino

Semana internacional de Imunização – Foto OMS/Zambrana
Semana internacional de Imunização – Foto OMS/Zambrana

Semana internacional de Imunização – Foto OMS/Zambrana
Semana internacional de Imunização – Foto OMS/Zambrana

CENADI- Armazenamento e Distribuição

A CENADI (Central Nacional de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos) esta localizado no Rio de Janeiro e além de vacinas também armazena e distribui os kits para diagnóstico ( como por exemplo de sarampo, rubeola e HIV), assim como pesticidas para combate à dengue.

Além de analisar o controle de estoque dos insumos, o órgão é responsável por monitorar a entrada no país de imunobiológicos adquiridos pelo Ministério da Saúde no exterior.

A CENADI conta com cerca de 150 servidores, que incluem técnicos qualificados para atuar nas etapas de armazenagem, manuseio e acondicionamento para a distribuição dos produtos. O trabalho abrange a estocagem de vacinas em câmaras frias com temperaturas entre 2 a 8º C e a – 20º C.

Cuidado na Administração!

Apesar das boas notícias alguns eventos adversos ainda acontecem na administração de vacinas colocando pacientes em risco de efeitos indesejados.

O ISMP (instituto para práticas seguras no uso de medicamentos ) adverte quanto aos riscos no erros envolvendo troca entre os frascos de vacina. A organização recebeu a foto abaixo, alertando quanto à semelhança entre os frascos das vacinas contra a gripe e  tríplice.

Durante o mês de abril, em São Paulo foi notificado um caso de erro de medicação envolvendo toca de frascos de vacinas. 11 mães em período de amamentação  receberam a vacina contra febre amarela  no lugar da tríplice viral.

Padronização a serviço da segurança

Ainda segundo o instituto, a legislação pertinente pede uma padronização dos frascos para identificar a origem oficial dos produtos,  mas colaborando para a confusão entre os mesmos.Uma revisão urgente é necessária como forma de enviar erros na administração  de vacinas e outros medicamentos. Enquanto isso, ou além disso, medidas de prevenção devem ser tomadas para minimizar os riscos:

Armazenamento seguro

  • vacinas separadas dos demais medicamentos sob refrigeração (a regra geral é ter uma geladeira exclusiva para vacinas)
  • Se não houver geladeira exclusivas – separar em caixas e prateleiras diferentes identificadas e com mensagem de alerta

Identificação de Alerta

Checagem atenta do rótulo antes de preparar a vacina

Informar profissionais de saúde dos riscos

Semana Internacional de Imunização – Como ajudar?

Mesmo que você não trabalhe diretamente na área da saúde, sempre pode ajudar.

Pacientes atentos- fique de olho!

Os pacientes também devem estar alerta e deve solicitar para ver o rótulo da vacina. Infelizmente essa recomendação só fica viável para o público mais esclarecido e quem tem condições de avaliar.

Vacinas – Uma responsabilidade de todos nós

O Brasil tem um amplo programa de imunizações, não só para crianças , mas para adultas e também para profissionais da saúde e interesse à saúde. Exerça o seu direito, receba as vacinas, leve seus filhos, pais e você mesmo ao posto mais próximo.

Você contribui para a sua saúde e para a Saúde Pública, diminuindo a circulação de doenças e diminuindo a possibilidade das pessoas imunologicamente menos competentes de adquirir doenças que as coloquem em risco.

Liliana Junqueira de P.Donatelli 

Fontes

ISMP.org

OMS

Autor

Bióloga, Mestre em Saúde Coletiva, Coordenadora do Projeto Biossegurança em Odontologia, e mais recentemente do Projeto Biossegurança Beauty& Body Art, ambos patrocinados pela Cristófoli. Já ministrou mais de 500 palestras sobre o tema Biossegurança em Saúde e participa ativamente de entidades dedicadas ao Controle de Infecção em Saúde e Interesse à Saúde. É consultora em Biossegurança em Saúde da Cristófoli.