Blog Biossegurança | Cristófoli

Blog Biossegurança | Cristófoli

Blog Biossegurança | Cristófoli

Apresentação da Empresa Fundada em 1991, a Cristófoli Equipamentos de Biossegurança é empresa líder em vendas de autoclaves de mesa no mercado nacional, já fabricou mais de 240 mil autoclaves para o Brasil e para mais de 30 países para onde exporta parte de sua produção. Os equipamentos fabricados pela Cristófoli são altamente funcionais, combinando tecnologia, design e sistemas diferenciados para atender cada vez melhor os seus clientes. Administrada pela família Cristófoli, tem sua sede na Rodovia BR-158, nº 127, em Campo Mourão, Paraná, Brasil. Fabricante e importadora de produtos para a saúde, a empresa tem vários diferenciais que a fazem uma das melhores do Brasil. Visão Ser referência mundial na área de saúde por crescer com criatividade, lucratividade e respeito às pessoas. Missão "Desenvolver soluções inovadoras para proteger a vida e promover a saúde". Histórico A Cristófoli se destaca por sua criatividade e inovação que há mais de 20 anos ajuda a construir a nossa história com invenções e produtos revolucionários para proteger a vida e promover a saúde. Certificações A conquista de um certificado é a aprovação para um sistema de gestão baseado em normas internacionais. É uma moderna ferramenta de administração e marketing que atesta a eficiência da empresa em determinada área para seus acionistas, clientes e mercado. Entretanto, para que uma empresa possa ser certificada, primeiramente um sistema de gestão deve ser implantado. Um sistema de gestão normatizado é a ferramenta mais moderna que existe para administrar informações, processos e pessoas envolvidas com uma ou mais atividades da empresa visando aumentar efetivamente sua eficiência. Clique nos certificados para visualizá-los. CERTIFICAÇÃO ISO 13485:2004 TUV MINISTÉRIO DA SAÚDE: AUTORIZAÇÃO DE FUNCIONAMENTO DA EMPRESA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO MOURÃO: ALVARÁ DE LICENÇA LICENÇA SANITÁRIA E DO EXERCÍCIO PROFISSIONAL INSTITUTO AMBIENTAL DO PARANÁ: LICENÇA DE OPERAÇÃO CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - EMBALAGEM PARA ESTERILIZAÇÃO CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - EMBALAGEM PARA ESTERILIZAÇÃO - 10363350016 CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - AUTOCLAVES CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - CUBA DE ULTRASSOM Fundação Educere A Fundação Educere é um Centro de Pesquisas e Desenvolvimento na área de biotecnologia, cujo foco principal é a incubação de empresas a partir de um projeto social inovador que atua na formação de jovens com potencial empreendedor. A instituição fornece suporte para o desenvolvimento de novos negócios voltados para a difusão e transferência de tecnologia na área biomédica, e é referência em pesquisa e desenvolvimento de produtos inovadores e que agregam valor tecnológico, que estão presentes em todo o território nacional e em diversos países da América, Ásia e Europa. Visão Tornar Campo Mourão referência em pesquisa e desenvolvimento de produtos de saúde. Missão Descobrir e potencializar novos talentos para desenvolver um mundo melhor.

Febre amarela no Brasil de Hoje

Entrevista com Dr Marcelo Gomes da Costa

O infectologista Marcelo Pesce em entrevista para o Blog Biossegurança aborda questões importantes sobre  vacina contra febre amarela e  dá mais detalhes sobre a situação da doença no Brasil.

Marcelo Pesce Gomes da Costa
Médico Infectologista formado pela PUC Campinas, com residência em Infectologia no Hospital Emílio Ribas em São Paulo. Sócio proprietário da Clínica Imunológica em Bauru, Centro de Referência em Moléstias Infecciosas da Prefeitura Municipal de Bauru, CTH (Certificate in Travel Health) pela International Society of Travel Medicine (ISTM).

1- Qual a situação da febre amarela no Brasil agora?

Marcelo Pesce: O último boletim do Ministério da Saúde, atualizado em 17/02/17 traz 1258 casos em investigação , com 263  casos confirmados ; 200 óbitos em investigação com 89 confirmados.  Os boletins são frequentes  e sugiro verificar o site que anexo abaixo para novos dados.

Figura 1 – Distribuição geográfica dos casos suspeitos de febre amarela notificados à SVS/MS até 17 de fevereiro de 2017, às 13h, com início dos sintomas a partir de 01 dezembro de 2016, por município do LPI e classificação.

2- Quais as regiões onde se  justifica receber a vacina contra febre amarela?

Marcelo Pesce:Há um mapa do Brasil com as regiões nas quais a vacina faz parte do calendário.  Bauru e região pertencem a essa área (mapa abaixo). Atualmente seis estados registram casos : Tocantins, Bahia, Rio Grande do Norte, Espírito Santo, Minas Gerais e São Paulo ( figura 1).

3 –  A vacina de febre amarela é produzida com vírus atenuados, qual a implicação disso?

Marcelo Pesce:A vacina é produzida com vírus vivos e atenuados de Febre Amarela. É uma vacina segura e eficaz, com altos níveis de proteção ,mas para alguns indivíduos esses vírus atenuados podem ser muito fortes e provocar doença grave algo como uma febre amarela vacinal.

4- Nos postos de saúde, pessoas com mais de 60 anos precisam de uma indicação médica? Por quê?

Marcelo Pesce:Com o passar da idade ocorre imunossenescência , que são disfunções imunológicas provocadas pelo envelhecimento. Tem se observado que o risco de complicações pela vacina aumenta com o passar da idade. Não se trata de contra indicação , mas de avaliar riscos X benefícios de vacinar ou não vacinar.

5- A informação de que duas doses da vacina ao logo da vida são suficientes para imunizar a pessoa procede?

Marcelo Pesce:Duas doses de vacina são suficientes para conferir proteção duradoura.
OBS- Essa recomendação foi modificada depois desta entrevista, para apenas uma dose.

6-Existe alguma outra condição médica na qual a vacina é contra-indicada?

Marcelo Pesce:Pessoas que apresentam imunocomprometimento, a saber : portadores de HIV, sob quimioterapia, e outros imunossupressores como para doenças como Lupus, Artrite Reumatóide, etc , algumas doenças como disfunções do timo, Doença de Addison  e outras devem evitar a vacina. Crianças abaixo de 9 meses, gestantes e nutrizes também devem evitar a vacina.

7- Quanto tempo depois de receber a vacina contra febre amarela é possível tomar outras vacinas, contra a dengue por exemplo.

Marcelo Pesce:Vacinas produzidas com vírus vivos como Herpes Zoster, Dengue, Sarampo, Caxumba, Rubéola, Varicela, devem ser aplicadas após 30 dias .
Agradecemos Dr Marcelo Pesce pela sua entrevista.

Mais informações Sobre Febre Amarela

Veja os municípios nos quais a vacina é indicada.
Lista_ MS_Recomendacao_Vacina_Febre_Amarela_Por_Municipio
Pessoas que estão fora das áreas de risco e que não pretendem viajar para essas regiões não precisam tomar a vacina agora. Esse procura pode comprometer o abastecimento daqueles que realmente necessitam da vacina. Embora sejam raros,  efeitos adversos podem ocorrer, assim quem não precisa, não deve tomar a vacina.
Quem vai viajar para áreas de risco deve tomar a vacina contra febre amarela com 10 dias de antecedência. Assim usufruirá de maior segurança com relação à formação de anticorpos específicos. Para viagens internacionais onde é exigida o prazo é rigoroso e o descumprimento pode inviabilizar a viagem.
A letalidade calculada entre os casos atuais  da doença é de 33% e considerada alta. Isto é, para cada 10 pessoas que ficam doentes, cerca de 3 evoluem para óbito. Por esse motivo, tomar a vacina nas zonas de risco é bem importante.

Qual a diferença entre a febre amarela silvestre  e urbana ?

Imagem: Ministério da Saúde

Do ponto de vista etiológico, clínico, imunológico e fisiopatológico, a doença é a mesma: doença infecciosa febril aguda, imunoprevenível.  O agente etiológico é transmitido por artrópodes e  possui dois ciclos epidemiológicos de transmissão distintos: silvestre e urbano.  Reveste-se da maior importância epidemiológica, por sua gravidade clínica e elevado potencial de disseminação em áreas urbanas.

No ciclo silvestre da febre amarela, os primatas não humanos (macacos) são os principais hospedeiros e amplificadores do vírus. O homem participa como um hospedeiro acidental. No ciclo urbano, o homem é o único hospedeiro com importância epidemiológica.

No ciclo urbano, a transmissão ocorre a partir de vetores urbanos Aedes aegypti infectados  No ciclo silvestre, os transmissores são mosquitos com hábitos estritamente silvestres, sendo o mais comum o gênero Haemagogus.

As zonas urbanas estão infestadas pelo mosquito Aedes conhecido pela transmissão da Dengue, Chikungunya e mais recentemente Zika. O mosquito é de difícil controle e embora já tenha sido erradicado duas vezes do Brasil, essa possibilidade agora parece bastante remota.

A atual epidemia é silvestre, mas infelizmente o número de casos é importante, o maior dos últimos anos. Todo cuidado é pouco para evitar que a a Febre Amarela se torne urbana. A vacina contra febre amarela é bastante eficaz e uma arma poderosa para impedir o avanço da doença.

Conclusão:

Esse infográfico foi atualizado segundo a nova recomendação do MS.

Fique atento, se você tomou a vacina fracionada, deverá tomar novamente a dose usual dentro de um ano.

Indicacao_MS_vacina_contra_febre_amarela

Na dúvida, seu médico deve ser consultado.

Responda nossa pesquisa
Vídeos
https://youtu.be/kBzmCWcGxvg
Outras fontes:
Autor

Bióloga, Mestre em Saúde Coletiva, Coordenadora do Projeto Biossegurança em Odontologia, e mais recentemente do Projeto Biossegurança Beauty& Body Art, ambos patrocinados pela Cristófoli. Já ministrou mais de 500 palestras sobre o tema Biossegurança em Saúde e participa ativamente de entidades dedicadas ao Controle de Infecção em Saúde e Interesse à Saúde. É consultora em Biossegurança em Saúde da Cristófoli.

9 Comentários

  1. Faço uso de Stanozolol e oxandrolona queria saber se posso tomar a vacina contra febre amarela

  2. Sonia Regina Serrone Lima Reponder

    Tomei a vacina a vacina há 4 dias tenho herpes genital e ela se manisfestou, corto algum risco?

    • Olá Sônia
      Herpes muitas vezes se manifesta por uma queda de imunidade ou stress, entre outros motivos. Não entendi o que você perguntou em relação ao risco. Para sua segurança, procure seu médico para você tratar a manifestação.
      Atenciosamente
      Liliana

    • Olá
      Sugiro que você converse com o seu médico. Esse fato não aparece diretamente nas contra-indicações divulgadas pelo MS, mas o seu médico conhece o seu histórico e fazer a melhor indicação para ajudar você.
      Liliana

  3. Pingback: Febre Amarela - Vacina Fracionada funciona? - Blog Biossegurança | Cristófoli

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.