Blog Biossegurança | Cristófoli

Blog Biossegurança | Cristófoli

Blog Biossegurança | Cristófoli

Apresentação da Empresa Fundada em 1991, a Cristófoli Equipamentos de Biossegurança é empresa líder em vendas de autoclaves de mesa no mercado nacional, já fabricou mais de 240 mil autoclaves para o Brasil e para mais de 30 países para onde exporta parte de sua produção. Os equipamentos fabricados pela Cristófoli são altamente funcionais, combinando tecnologia, design e sistemas diferenciados para atender cada vez melhor os seus clientes. Administrada pela família Cristófoli, tem sua sede na Rodovia BR-158, nº 127, em Campo Mourão, Paraná, Brasil. Fabricante e importadora de produtos para a saúde, a empresa tem vários diferenciais que a fazem uma das melhores do Brasil. Visão Ser referência mundial na área de saúde por crescer com criatividade, lucratividade e respeito às pessoas. Missão "Desenvolver soluções inovadoras para proteger a vida e promover a saúde". Histórico A Cristófoli se destaca por sua criatividade e inovação que há mais de 20 anos ajuda a construir a nossa história com invenções e produtos revolucionários para proteger a vida e promover a saúde. Certificações A conquista de um certificado é a aprovação para um sistema de gestão baseado em normas internacionais. É uma moderna ferramenta de administração e marketing que atesta a eficiência da empresa em determinada área para seus acionistas, clientes e mercado. Entretanto, para que uma empresa possa ser certificada, primeiramente um sistema de gestão deve ser implantado. Um sistema de gestão normatizado é a ferramenta mais moderna que existe para administrar informações, processos e pessoas envolvidas com uma ou mais atividades da empresa visando aumentar efetivamente sua eficiência. Clique nos certificados para visualizá-los. CERTIFICAÇÃO ISO 13485:2004 TUV MINISTÉRIO DA SAÚDE: AUTORIZAÇÃO DE FUNCIONAMENTO DA EMPRESA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO MOURÃO: ALVARÁ DE LICENÇA LICENÇA SANITÁRIA E DO EXERCÍCIO PROFISSIONAL INSTITUTO AMBIENTAL DO PARANÁ: LICENÇA DE OPERAÇÃO CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - EMBALAGEM PARA ESTERILIZAÇÃO CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - EMBALAGEM PARA ESTERILIZAÇÃO - 10363350016 CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - AUTOCLAVES CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - CUBA DE ULTRASSOM Fundação Educere A Fundação Educere é um Centro de Pesquisas e Desenvolvimento na área de biotecnologia, cujo foco principal é a incubação de empresas a partir de um projeto social inovador que atua na formação de jovens com potencial empreendedor. A instituição fornece suporte para o desenvolvimento de novos negócios voltados para a difusão e transferência de tecnologia na área biomédica, e é referência em pesquisa e desenvolvimento de produtos inovadores e que agregam valor tecnológico, que estão presentes em todo o território nacional e em diversos países da América, Ásia e Europa. Visão Tornar Campo Mourão referência em pesquisa e desenvolvimento de produtos de saúde. Missão Descobrir e potencializar novos talentos para desenvolver um mundo melhor.

Você sabe o que fazer em caso de Acidente Ocupacional envolvendo exposição a material biológico em Ambiente Odontológico? Nesse post tudo explicado direitinho. Mais um documento passo a passo celebrando o SETBIO.

As instruções foram desenvolvidas pelo Grupo GerAção Biossegurança ao longo de 2019 em reuniões mensais. Usamos como base os protocolos do Ministério da Saúde e outros trabalhos científicos. Procuramos facilitar a compreensão dos fatos e organizar o que deve ser feito imediatamente, para proteger você e sua equipe.

Veja exatamente o que fazer em caso de Acidente Ocupacional envolvendo exposição a material biológico em Ambiente Odontológico

Mantenha a calma – antes de mais nada

1 – Interrompa o que estiver fazendo

xposição a material biológico em Ambiente Odontológico 1

2 – Informe ao paciente que haverá uma pausa em seu atendimento

3 – Retire os EPI (equipamentos de proteção individual)

xposição a material biológico em Ambiente Odontológico 2

4 – Veja como realizar os primeiros socorros da Área Exposta:

ATENÇÃO

  • NÃO esfregue
  • NÃO aperte
  • NÃO sugue
  • NÃO use substâncias irritantes para pele ou mucosas como hipoclorito de sódio ou glutaraldeído
  • NÃO injete qualquer substância no local afetado
xposição a material biológico em Ambiente Odontológico

4 .1 – Se Exposição em Pele

Ferimentos resultantes de lesões em pele provocados por instrumento perfurocortante ou mordedura, ou ainda exposição de pele não íntegra:

Lave abundantemente o local com água e sabonete líquido comum ou com antissépticos.

Faça um curativo oclusivo

4.2 Se exposição em mucosa (ocular, nasal ou bucal):

Irrigue abundantemente com soro fisiológico ou, na sua falta, água potável.

No caso de exposição em um único olho:

Cubra o olho não afetado com gaze.

Vire a cabeça para o lado afetado e proceda a irrigação.

5 – Caso não haja outro profissional para substituí-lo:

Coloque novos EPI e finalize o procedimento no menor tempo possível. Utilize duas uvas no caso de perfuração.

6 – Explique para o paciente o ocorrido e solicite sua colaboração:

Utilize o texto de esclarecimento para auxiliá-lo nessa tarefa.

7 – Comunique o ocorrido à chefia do serviço (se for o caso)

8 – Dirija-se com o paciente à unidade de referência para avaliação e conduta.

Em até duas horas você terá o melhor benefício

Atenção:

Certifique-se da realização das notificações obrigatórias do acidente (SINAN). Leve todos os dados necessário para o seu preenchimento, como CNPJ da empresa e informações sobre o aceites.

Comunicaçao de Acidente de Trabalho (CAT) se for o caso.

Em versão A4- O que fazer em caso de exposição ocupacional a material biológico em ambiente Odontologico (frente e verso)

Versão A3 O que fazer em caso de exposição ocupacional a material biológico em ambiente Odontologico (só frente)

É muito importante deixar impresso para que todos leiam e saibam onde estão as orientações.

DICAS:

  • Verifique a unidade de referência mais próxima de você e cheque se realiza o atendimento de acidentes envolvendo material biológico.
  • Mantenha as carteiras de vacinação em dia, à mão e com o resultado do Anti-HBs de cada trabalhador com possibilidade de exposição.
  • Treine com a sua equipe fazendo um simulado de acidente, com cada um desempenhando o seu papel. Um dos participantes de posse do documento ira analisar se todos sabem o que fazer.
  • Leia o texto auxiliar varias vezes em voz alta para se familiarizar.
  • Evite acidentes tomando algumas precauções como:
    • instale o coletor de perfurocortante próximo ao ponto de geração (área clinica),
    • instale o coletor em altura máxima de 1,3 m do piso em suporte aramado,
    • descarte perfurocortantes no local de geração do resíduo,
    • não passe instrumentos sobre a cabeça do paciente,
    • utilize óculos de segurança para toda equipe profissional e para o paciente em todos os procedimentos,
    • não reencape a agulha contra o dedo (utilizando as duas mãos), se for o caso use a técnica da pescaria,
    • utilize cubas de ultrassom para limpar instrumentos,
    • utilize escovas de cabo lindo na limpeza manual,
    • utilize luvas grossas para lavar instrumentos.

Assim você protege a sua equipe e previne contra a aquisição de doenças depois de uma exposição a material biológico em Ambiente Odontológico.

Esperamos que o documento seja útil para você. Melhor ainda, se você nunca precisar dele.

Liliana Junqueira de P. Donatelli

Grupo GerAção Biossegurança

Autor

Bióloga, Mestre em Saúde Coletiva, Coordenadora do Projeto Biossegurança em Odontologia, e mais recentemente do Projeto Biossegurança Beauty& Body Art, ambos patrocinados pela Cristófoli. Já ministrou mais de 500 palestras sobre o tema Biossegurança em Saúde e participa ativamente de entidades dedicadas ao Controle de Infecção em Saúde e Interesse à Saúde. É consultora em Biossegurança em Saúde da Cristófoli.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.