Você sabia que a autoclave tem mais de 100 anos? Conheça a história da autoclave contada por Fernando Bustamante

Muitos de nós imaginam que a autoclave é uma novidade, mas foi idealizada na época da Teoria Microbiana. O mais curioso  nessa história da autoclave é conhecer como o Brasil ajudou no seu desenvolvimento.

História da autoclave

 


 

Bacana demais não é?

Outro equipamento leva também o nome de Pasteur, a estufa ou Forno de Pasteur, também contribuiu muito na esterilização, hoje o equipamento mais recomendado é a autoclave. Veja  o porquê no vídeo:

 

Aproveite a oportunidade e cadastrando-se no BLOG  BIOSSEGURANÇA, desta forma você se torna assinante e recebe publicações diárias sobre Biossegurança.

Dúvidas, sugestões?

Entre em contato comigo

Liliana Junqueira de P. Donatelli

Produtos relacionados

Autoclave Vitale Class
Autoclave Vitale Class
Autoclave Vitale Class CD
Autoclave Vitale Class CD
Autor

Bióloga, Mestre em Saúde Coletiva, Coordenadora do Projeto Biossegurança em Odontologia, e mais recentemente do Projeto Biossegurança Beauty& Body Art, ambos patrocinados pela Cristófoli. Já ministrou mais de 500 palestras sobre o tema Biossegurança em Saúde e participa ativamente de entidades dedicadas ao Controle de Infecção em Saúde e Interesse à Saúde. É consultora em Biossegurança em Saúde da Cristófoli.

8 Comentários

  1. Pingback: Pasteur, um legado que mudou para sempre a historia da humanidade - Blog Biossegurança | Cristófoli


  2. Gostei muito do texto! Maravilhoso.
    Parabéns.
    Só fiquei curiosa pelo motivo de D. Pedro II ter interesse na autoclave.

    bjs


    • Olá Brenda
      Interessante não?
      Muitos monarcas eram bastante cultos, instruídos e se interessavam por ciência e tecnologia financiando pesquisas que muitas vezes deram originaram produtos inovadores, como foi o caso da autoclave.
      O motivo particular que levou D Pedro II a se interessar por Pasteur até mereceria maior investigação!

      Liliana


  3. Dra Liliana, que grande informação, encheu-me de orgulho, os Brasileiros são demais, não só no futebol!

Deixe uma resposta