Blog Biossegurança | Cristófoli

Blog Biossegurança | Cristófoli

Blog Biossegurança | Cristófoli

Apresentação da Empresa Fundada em 1991, a Cristófoli Equipamentos de Biossegurança é empresa líder em vendas de autoclaves de mesa no mercado nacional, já fabricou mais de 240 mil autoclaves para o Brasil e para mais de 30 países para onde exporta parte de sua produção. Os equipamentos fabricados pela Cristófoli são altamente funcionais, combinando tecnologia, design e sistemas diferenciados para atender cada vez melhor os seus clientes. Administrada pela família Cristófoli, tem sua sede na Rodovia BR-158, nº 127, em Campo Mourão, Paraná, Brasil. Fabricante e importadora de produtos para a saúde, a empresa tem vários diferenciais que a fazem uma das melhores do Brasil. Visão Ser referência mundial na área de saúde por crescer com criatividade, lucratividade e respeito às pessoas. Missão "Desenvolver soluções inovadoras para proteger a vida e promover a saúde". Histórico A Cristófoli se destaca por sua criatividade e inovação que há mais de 20 anos ajuda a construir a nossa história com invenções e produtos revolucionários para proteger a vida e promover a saúde. Certificações A conquista de um certificado é a aprovação para um sistema de gestão baseado em normas internacionais. É uma moderna ferramenta de administração e marketing que atesta a eficiência da empresa em determinada área para seus acionistas, clientes e mercado. Entretanto, para que uma empresa possa ser certificada, primeiramente um sistema de gestão deve ser implantado. Um sistema de gestão normatizado é a ferramenta mais moderna que existe para administrar informações, processos e pessoas envolvidas com uma ou mais atividades da empresa visando aumentar efetivamente sua eficiência. Clique nos certificados para visualizá-los. CERTIFICAÇÃO ISO 13485:2004 TUV MINISTÉRIO DA SAÚDE: AUTORIZAÇÃO DE FUNCIONAMENTO DA EMPRESA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO MOURÃO: ALVARÁ DE LICENÇA LICENÇA SANITÁRIA E DO EXERCÍCIO PROFISSIONAL INSTITUTO AMBIENTAL DO PARANÁ: LICENÇA DE OPERAÇÃO CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - EMBALAGEM PARA ESTERILIZAÇÃO CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - EMBALAGEM PARA ESTERILIZAÇÃO - 10363350016 CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - AUTOCLAVES CERTIFICADO DE REGISTRO ANVISA - CUBA DE ULTRASSOM Fundação Educere A Fundação Educere é um Centro de Pesquisas e Desenvolvimento na área de biotecnologia, cujo foco principal é a incubação de empresas a partir de um projeto social inovador que atua na formação de jovens com potencial empreendedor. A instituição fornece suporte para o desenvolvimento de novos negócios voltados para a difusão e transferência de tecnologia na área biomédica, e é referência em pesquisa e desenvolvimento de produtos inovadores e que agregam valor tecnológico, que estão presentes em todo o território nacional e em diversos países da América, Ásia e Europa. Visão Tornar Campo Mourão referência em pesquisa e desenvolvimento de produtos de saúde. Missão Descobrir e potencializar novos talentos para desenvolver um mundo melhor.

Meningite é uma doença grave que invadiu as mídias recentemente devido ao falecimento do neto do ex-presidente Lula. Com a palavra, o especialista Dr Marcelo P. Gomes da Costa que é médico infectologista em Bauru.

O que é meningite, os tipos e as formas mais graves?

Dr. Marcelo: Meningite é inflamação das meninges, que são membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. As causas mais comuns são infecções  virais e bacterianas.

Meningites Virais

Dr. Marcelo: As virais são mais comuns e tem menos probalidade de complicação e poucas vezes são passíveis de tratamento. Podem ser transmitidas por água, secreções e pelo contato com as mãos.

Meningites Bacterianas

Dr.Marcelo: Embora sejam passíveis de tratamento há possibilidade de complicações que ocorrem em cerca de 20% dos casos. Dessa forma, podem variar de transtornos passageiros a sequelas, como surdez e paralisias e até causar morte em poucas horas, mesmo com diagnóstico precoce. São transmitidas por secreções da faringe, e ocorrem por contato próximo.

Agentes causadores das meningites bacterianas

Dr.Marcelo: Os agentes mais comuns das meningites bacterianas são o Hamophillus influenzae B, o Meningococo e o Pneumococo 

Prevenção – Vacinas

Dr.Marcelo: Nos últimos 25 a 30 anos, foram surgindo vacinas cada mais eficazes para prevenir as meningites bacterianas acima citadas. são todas muito seguras , com possibilidades de cobertura cada vez mais amplas. É importante ressaltar que  nenhuma delas produzida  com microrganismos vivos. Isto é, significa que não há possibilidade da vacina provocar meningite. Outra vantagem é que possuem longo período de cobertura.

Dr. Marcelo: As vacinas podem e devem ser aplicadas desde os primeiros meses de vida, o que garante  proteção desde cedo. A vacina contra Haemophillus influenzae B vem sendo utilizada em larga escala há vários anos. Como resultado dessa ação a incidência dessa infecção despencou.

Em relação aos cinco tipos de Meningoco, A , B , C , W ,Y, existe vacina para todos eles. Entretanto, nem todas as vacinas estão no calendário do Ministério da Saúde.

Vacinas disponíveis no SUS

Dr. Marcelo: Na rede pública há vacinas para o Meningococo tipo C , Haemophillus influenzae B e Pneumococo 10 sorotipos. Enquanto que em clínicas particulares há disponibilidade de vacina para todos os tipos de Meningoco , Haemophillus influenzae B, e 13 sorotipos de Pneumococo.

Quanto custa cada dose de vacina nas clínicas particulares?

Dr. Marcelo: O custo nas clínicas não é tabelado.  De acordo com o tipo de vacina, a quantia a ser paga pode variar de R$150,00 a R$600,00 por dose.

Gestantes

Dr. Marcelo: Por enquanto não há indicação para se vacinar gestantes . 

Prevenção – O quê fazer?

Dr. Marcelo: Além das vacinas, higiene das mãos é sempre uma forma muito importante de interromper a transmissão de várias doenças.

Dr. Marcelo: Outra possibilidade quando ocorre um caso de meningite meningocócica ou por Haemophillus influenzae B, é realizar um procedimento chamado de “bloqueio ” pela Vigilância Epidemiológica. A finalidade é evitar a propagação da doença. É realizado com a administração de antibióticos específicos para as pessoas que tiveram contato próximo com o doente, sempre com a prescrição de um médico. É um procedimento eficaz para aquele momento, não impedindo que futuramente essas pessoas possam contrair a infecção. Isto é, diferente da ação da vacinas que é uma prevenção de longo prazo.

Agradecemos ao Dr Marcelo pelas respostas!

8 sinais de alerta para meningite

Muitos desses sinais e sintomas são comuns a outras doenças e por isso que só o médico vai poder avaliar melhor com o auxílio de exames. Desse modo, fique atento se mais de sinal de alerta aparecer.

1 – Febre alta e repentina

2 – Dor de cabeça intensa

3 – Visão Dupla (desfocada)

4 – Perda de apetite, náuseas e vômito

5 – Sensibilidade à luz

6 – Rigidez dos músculos (especialmente a nuca)

7 – Incapacidade de flexionar as pernas

8 – Erupções cutâneas (que não desaparecem com a aplicação de pressão – teste do copo)

Conclusão

Em resumo, a meningite é uma doença que pode ser grave, então se o seu filho apresentar mais de um desses sintomas, com destaque para a febre alta, leve-o imediatamente a um pronto atendimento para avaliação. Certamente, quanto antes for realizado o diagnóstico e tratamento, menor a chance de sequelas.

Liliana Junqueira de P. Donatelli

Autor

Bióloga, Mestre em Saúde Coletiva, Coordenadora do Projeto Biossegurança em Odontologia, e mais recentemente do Projeto Biossegurança Beauty& Body Art, ambos patrocinados pela Cristófoli. Já ministrou mais de 500 palestras sobre o tema Biossegurança em Saúde e participa ativamente de entidades dedicadas ao Controle de Infecção em Saúde e Interesse à Saúde. É consultora em Biossegurança em Saúde da Cristófoli.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.