Qual o problema dos pacotes saírem molhados depois da esterilização?

Pacotes úmidos depois da esterilização é uma falha comum que é vista como normal por alguns estabelecimentos. Assim, algumas vezes providências inadequadas, tais como usar um ventilador ou colocar os pacotes em estufa para secar, são tomadas.

Essas embalagens não podem ser manipulados porque a presença de água ou umidade carrega microrganismos para dentro do pacote. Desta forma o conteúdo não estará mais estéril.

Seu pacote sai assim da autoclave?
pacotes úmidos

Veja porque não pode…

pacote úmido comprometido

Neste pacote você observa o instrumento perfurando a parte úmida do papel.- Contaminou!

Os motivos mais comuns que resultam em pacotes úmidos após o ciclo são:

  1. Excesso de material dentro da autoclave.
  2. Quando se usa papel grau cirúrgico – o lado do papel esta posicionado para baixo
  3. Não entreabrir corretamente a autoclave, ou fazê-lo depois do tempo recomendado pelo fabricante

Para eliminar esse problema experimente:

    • carrregar a autoclave sem sobrepor envelopes (numa autoclave de 12 litros seriam 5 envelopes 9×23)
    • usar um suporte para envelopes Cristófoli (se os seus pacotes permitirem) – no caso dos envelopes acima, se os instrumentos forem finos, é possível esterilizar 13 envelopes ao mesmo tempo, pois ficam na posição vertical permitindo a passagem do vapor e facilitando a secagem. (assista ao vídeo Como esterilizar artigos na autoclave)
    • na impossibilidade de usar o suporte, se usar  papel grau cirúrgico, abasteça a autoclave de modo que a parte do papel fique voltada para cima
    • entreabra a autoclave assim que o aviso sonoro terminar, ou seja, quando despressurizar completamente a autoclave (o manômetro indicará 0 – zero). Atenção, o fecho deve ficar paralelo à porta, mantendo a porta entreaberta.
    • aguarde até o final da secagem e mais 15 minutos para que os pacotes esfriem.
Outra questão importante, é que além da falha na secagem, pode haver falha na esterilização por sobrecarga da autoclave. Por isso sugiro realizar a monitorização da esterilização da sua autoclave regularmente.
A esterilização é essencial para evitar a transmissão de microrganismos e assim evitar infecções e doenças.

Mais sobre o asunto no Blog Biossegurança

Videos relacionados

Produtos relacionados

Class_Produtos para blog_1
Vitale_Class_12
Suporte para envelopes
Suporte para envelopes
Envelopes para Esterilização
Envelopes para esterilização
Autor

Bióloga, Mestre em Saúde Coletiva, Coordenadora do Projeto Biossegurança em Odontologia, e mais recentemente do Projeto Biossegurança Beauty& Body Art, ambos patrocinados pela Cristófoli. Já ministrou mais de 500 palestras sobre o tema Biossegurança em Saúde e participa ativamente de entidades dedicadas ao Controle de Infecção em Saúde e Interesse à Saúde. É consultora em Biossegurança em Saúde da Cristófoli.

2 Comentários

  1. Maria Tereza Ferreira Barros Rocha Reponder

    Oi boa noite , sou tecnica de enfermagem e trabalho no centro cirurgico e centro de material , gostaria de algumas dicas sobre controle de lote de esterilização e se tem formulário pronto junto com o indicador biologico.


    • Bom dia Maria Tereza
      Os formulários que oferecemos estão disponíveis no próprio blog Biossegurança em: http://www.cristofoli.com/biosseguranca/registro-de-monitorizacao-da-esterilizacao-em-autoclave-cristofoli-e-so-imprimir/
      Esses modelos nosso blog são para situação menos complexas que uma central de materiais de um hospital, como por exemplo clínicas odontológicas e médicas.
      Para centrais de materiais existem sistemas com código de barras e máquinas etiquetadoras que já imprimem todas as informações.As informações mínimas que devem constar na etiqueta são:
      nome do produto
      Data da esterilização
      Data limite para utilização
      Lote/autoclave
      Nome do operador
      O importante é que você consiga rastrear.
      Você deve também registrar no protocolo do paciente.
      Espero ter ajudado você.
      Liliana

Deixe uma resposta